ESPECIAIS

Agrotóxicos e fertilizantes ilegais são encontrados na barranca do rio Paraná

Compartilhar

#souagro| Agrotóxicos e fertilizantes ilegais foram encontrados abandonados na barranca do rio Paraná durante uma ação conjunta entre a Polícia Federal e o grupo Cobra.

Tudo começou quando os policiais faziam patrulhamento na região da favela do Bambu, em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, quando avistaram movimentação suspeita em um porto clandestino.

 

Quando as equipes se aproximaram, diversos suspeitos fugiram pela mata abandonando fardos de agrotóxicos e um galão de fertilizantes contrabandeados do Paraguai.

Os policiais encaminharam todo o material para a Delegacia da Receita Federal em Foz do Iguaçu para a realização das medidas cabíveis.

 

 

 

 

O QUE DIZ A LEI:

A produção, o transporte, a compra/venda e a utilização de agrotóxico contrabandeado ou pirateado são crimes de sonegação, contrabando e descaminho. Também estão enquadrados na Lei dos Crimes Ambientais (Lei nº 9605, de 12 de fevereiro de 1988); contrabando ou descaminho (art. 334 do Código Penal) e na Lei dos Agrotóxicos (Lei 7.802/89).

Quem comete esses crimes está sujeito a penas de reclusão de dois a quatro anos, além de pesadas multas, que podem chegar a R$ 2 milhões, e o mais grave, a destruição de lavouras onde os produtos ilegais foram aplicados pelos agricultores.

 

(Débora Damasceno/Sou Agro )

(Foto: Bpfron)

VEJA TAMBÉM NO PORTAL SOU AGRO: 

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.