Tempestade deixou prejuízo a quase 12 mil pessoas

Compartilhar

O Governo do Estado enviou, no fim de semana, kits de ajuda humanitária aos municípios mais afetados pelos temporais que atingiram o Paraná entre a sexta-feira (22) e o sábado (23). A Coordenadoria Estadual da Defesa Civil está mobilizada para atender as cidades atingidas por vendavais e tempestade de granizo, principalmente nas regiões Oeste e Noroeste.

Ao todo, foram distribuídas 12.320 telhas, colchões e kits dormitórios a famílias de Maripá, Juranda, Jesuítas, Assis Chateaubriand e Iracema do Oeste. As primeiras entregas ocorreram no sábado e no domingo (24).

“Nosso papel é dar o amparo necessário à população. Para isso, foi essencial atender com celeridade e eficiência os municípios que mais necessitam do auxílio do Estado”, destacou o coordenador Estadual da Defesa Civil, coronel Fernando Raimundo Schunig, que esteve nos municípios de Maripá e Assis Chateaubriand para a distribuição dos kits.

 

De acordo com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), a passagem de uma frente fria pelo Estado desencadeou temporais acompanhados de muitas descargas elétricas, rajadas de ventos e chuva de granizo em diferentes cidades.

tempestade tempestade   tempestade

 

BALANÇO

O Boletim de Ocorrências da Defesa Civil, atualizado às 8h30 desta segunda-feira (25), mostra que os temporais atingiram 16 municípios e afetaram 11.401 pessoas, sendo que 48 tiveram que deixar as suas casas.

Mais de 1.300 residências foram danificadas e 91 ficaram destruídas. Quedas de árvores causaram grandes prejuízos a famílias e comerciantes, estragando telhados e atingindo também a rede elétrica em alguns pontos. As lavouras também sofreram perdas por causa do granizo. Cerca de 104 mil clientes da Copel ficaram sem energia.

tempestade

tempestade

Os municípios atingidos foram Alto Paraná, Assis Chateaubriand, Campo Largo, Cantagalo, Capitão Leônidas Marques, Iracema do Oeste, Jesuítas, Juranda, Maringá, Maripá, Matelândia, Peabiru, Pinhão, Quedas do Iguaçu, Ramilândia e Ubiratã.

Além da ajuda humanitária, a Defesa Civil Estadual acompanha a situação desde os primeiros momentos, verificando as necessidades locais e preparando o apoio material necessário ao atendimento da população. Equipes de sobreaviso foram mobilizadas para permitir o atendimento rápido. Já o Corpo de Bombeiros atua no auxílio às Defesas Civis locais, além de fazer o corte de árvores e distribuir de lonas à população.

As equipes da Copel também fazem umaforça-tarefa para restabelecer a energia nas unidades consumidoras afetadas. Nesta segunda-feira, 213 equipes de serviços, manutenção e obras da Companhia estão em Maringá para dar seguimento aos trabalhos de reconstrução das redes elétricas danificadas pelo temporal.

Confira os municípios atingidos que receberam ajuda humanitária

Maripá: 2.340 telhas e 80 colchões e kits dormitório
Jurana: 4.000 telhas
Jesuítas: 3.120 telhas e 30 colchões e kits dormitório
Assis Chateaubriand: 2.600 telhas
Iracema do Oeste: 260 telhas.

 

(Fonte: AEN – Fotos: Valdelino Pontes)

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.