ESPECIAIS

Conectividade nas propriedades é considerada fundamental para o agronegócio

Compartilhar

#souagro| A conectividade é um insumo importante para o setor agropecuário do país. Ter internet com bom sinal em toda a propriedade é fundamental para aliar as tecnologias ao processo de produção. A modernização das propriedades rurais é uma necessidade para tornar a agricultura brasileira mais competitiva. E por isso, a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) trabalha por propostas e políticas públicas para que a conectividade alcance também os médios e pequenos produtores.

Em julho deste ano, a Anatel anunciou a chegada do sinal 5G em algumas capitais, no entanto o cronograma para a chegada do sinal nas principais cidades brasileiras é até 2029. O 5G trará mais velocidade e reduzirá o tempo de resposta entre dispositivos, tornando também as conexões mais estáveis.

 

Cabe destacar que a conectividade no campo é essencial para a adoção de tecnologias digitais e acesso a capacitação remota, que permitem processos produtivos e administrativos mais eficientes. Este processo transforma o campo e aumenta sua competitividade, com soluções que permitem menor custo de produção, e com o uso eficiente dos recursos financeiros e naturais.

A implantação do sistema 5G no Brasil e a conectividade no campo são temas debatidos pela bancada. Em 2021, parlamentares da FPA participaram da cerimônia de apresentação da tecnologia para o setor, em Sorocaba-SP.

Para o presidente da FPA, deputado Sérgio Souza (MDB-PR), “o agronegócio será o maior beneficiado com o 5G”. De acordo com o parlamentar, a tecnologia proporciona a redução de custos e ganho de produtividade. “A agricultura brasileira estará cada vez mais preparada para exercer o protagonismo. Já somos exemplo para todo mundo. Com a tecnologia avançando ainda mais, continuaremos sendo o pilar econômico e tecnológico do Brasil”, completou.

 

Já o deputado Zé Silva (SD-MG) demonstra preocupação com a inclusão e acesso dos produtores da agricultura familiar do Brasil com a nova tecnologia. “Uma coisa é os 26% dos produtores rurais que são os de grande porte acessarem essa tecnologia, outra vertente são os 74% dos produtores rurais de pequenas propriedades”, diz. Para o parlamentar, o debate sobre conectividade e inovação no campo é fundamental para o setor produtivo brasileiro e possui o desafio de alcançar toda a cadeia produtiva do país.

De acordo com dados de levantamento feito pelo Ministério de Agricultura (MAPA), estima-se que 58% dos imóveis rurais no Brasil estão inseridos em condições de sinal insuficiente de celular 3G/4G e esse percentual é o mesmo tanto para pequenos, médios ou grandes imóveis. Ou seja, apesar dos números gerais apontarem para uma disseminação acelerada do uso de dispositivos móveis no Brasil, a infraestrutura de cobertura rural ainda tem grande campo para investimentos públicos, privados ou em parceria.

 

De acordo com Marco Morato, coordenador de Meio Ambiente e Energia do Sistema OCB, o 5G é um mundo novo para o agro. “Nossas tecnologias mais avançadas se baseiam e tem um excelente desempenho com a utilização de 4G e até 3G em alguns casos. O mais importante dos leilões de 5G, neste momento para o agro, foi a obrigação das vencedoras em ampliar o fornecimento de 4G em algumas áreas hoje sem cobertura, o que vai diminuir nosso esforço para universalizar o acesso à internet no campo.”

Morato acrescenta que “em um esforço conjunto das entidades do agro, Ministérios da Agricultura, de Ciência e Tecnologia, das Comunicações e congressistas das frentes parlamentares da agropecuária e do cooperativismo, conseguimos muitos avanços como a desoneração de sensores e a destinação do FUST para a cobertura de áreas hoje sem conectividade, ou com conectividade precária.”

(Débora Damasceno/Sou Agro com texto FPA)

 

(Foto: reprodução internet))

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.