Câmera de segurança registra momento da tempestade

Compartilhar

#souagro | Um vídeo enviado para a produção do Sou Agro, mostra momento do temporal em Maripá. A tempestade foi no final de sexta-feira (22), atingindo parte do estado do Paraná. Maripá foi a cidade mais atingida, dezenas de casas foram destelhadas, além de árvores e postes caídos.

O vídeo foi gravado por uma câmera de segurança, ela estava instalada na rua Projetada B, na cidade. O vídeo de quase três minutos mostra  as rajadas de vento  e uma possível formação de tornado. A partir das 18h13min, que é flagrado uma parte do temporal, o qual teve duração de aproximadamente 15 minutos de acordo com a assessoria do município.

 

 

No vídeo é possível perceber a força do vento que devastou a cidade. A partir dos 30 segundos do vídeo, começa a cair o granizo, que deixa o gramado todo coberto. O granizo começa perder a força depois de um minuto e meio de duração.

 

Assista ao vídeo da câmera de segurança:

 

O temporal

A tempestade que aconteceu na última sexta-feira (22), deixou algumas cidades com destruição. Foram, aproximadamente, 15 minutos de temporal, com chuvas e ventos fortes, além do granizo. Casas foram destelhadas, postes de energia caíram, propriedades rurais destruídas, bem como hectares de milho perdidos.

Árvores caídas, casas e estabelecimentos destelhados, lavouras devastadas, este foi o cenário encontrado na cidade na manhã de sábado (23).

 

 

Um decreto foi publicado nesta quinta-feira (28). Quase uma semana depois da devastação a cidade conseguiu finalizar o laudo para decretar estado de emergência. Basicamente segundo a Defesa Civil, situação de emergência, significa alteração intensa e grave das condições de normalidade em um determinado município, estado ou região, decretada em razão de desastre, comprometendo parcialmente sua capacidade de resposta.

Só para diferenciar do estado de calamidade pública que é a situação de alteração intensa e grave das condições de normalidade em um determinado município, estado ou região, decretada em razão de desastre, comprometendo substancialmente sua capacidade de resposta.

De acordo com a nota de justificativa do decreto, Maripá foi atingido por fortes ventos, chegando à velocidade de aproximadamente 95km/h, iniciou com pingos de chuva, e na sequência o granizo, durou o tempo estimado de 5 minutos, atingindo todo o município, iniciando na Linha Blumenau.

 

 

(Ageiél Machado / Sou Agro)

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.