O que esperar para as lavouras de trigo se a geada vier?

Compartilhar

#souagro| Um inverno bem severo em pleno agosto não é algo comum, mas nos últimos tempos as mudanças climáticas estão surpreendendo até mesmo os meteorologistas e estudiosos do assunto. Bom, o fato é que nesta semana o frio já está presente no Sul do país, e a previsão é de que isso se intensifique, inclusive com chegada de neve e geada em algumas regiões a partir desta quinta-feira (18). Uma preocupação que surge com essa possibilidade é sobre as lavouras de trigo, no Paraná por exemplo, de acordo com boletim do Deral divulgado nesta terça-feira (16), da área do trigo plantada 35% está em desenvolvimento vegetativo, 31% em floração e 28% em frutificação, além de 6% em maturação. Com 87% da lavoura em boas condições, 11% em condições médias e 2% em condições ruins.

Para saber sobre isso fomos conversar com um especialista, o agrometeorologista Reginaldo Ferreira dá algumas explicações sobre o que pode ocorrer nesse estágio das lavouras de trigo: ” Nós temos uma quantidade significativa de pessoas que podem ter um prejuízo um pouco maior, até porque o trigo foi cultivado em períodos diferentes, então você tem lavouras em formações diferentes. Aquela lavoura que está no estado reprodutivo, essa corre o risco relativamente muito grande. Não é comum a gente ter uma geada nesse período do ano que nós estamos”, detalha Reginaldo.

 

ASSISTA O VÍDEO:

 

A preocupação é grande quando se fala em geada nesta época do ano, segundo Reginaldo se isso se concretizar, as perdas podem ser grandes, principalmente nas lavouras de trigo.

“Nos últimos anos a metodologia tem surpreendido de forma muito significativa. Veja que nós tivemos o mês de julho muito quente e isso foi bom por um lado, que a gente viu flores pra tudo quanto é canto, mas agora essas flores brotaram e estão frutificando, virando frutos, semente e aí essas flores de modo geral seja ela de frutífera, plantas arbóreas ou relacionada também com  flores de cereais como por exemplo, cereais de inverno, essas flores correm risco muito grande nesse período de ser abortado ou de perder, porque a geada é muito efetiva nesse período reprodutivo e pode prejudicar muito a produção de grão. Então é um risco que nós corremos no Paraná como um todo, na região Sul da gente ter aí uma perda significativa em alguns locais, dependendo do estágio da cultura em função desta desta frente fria que está entrando e que pode ocorrer uma queda muito brusca com possibilidade de geada nas nossas regiões”, finaliza Reginaldo.

 

PREVISÃO DO TEMPO PARA OS PRÓXIMOS DIAS 

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) na quinta-feira (18), a frente fria avança pelos estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul, chegando ao centro do Mato Grosso e na porção sul dos estados de Rondônia, Goiás e Minas Gerais, provocando chuvas intensas e rajadas de vento. Nestas localidades, a previsão também indica queda de temperatura (entre 8°C e 12°C) e baixa sensação térmica.

De quinta para sexta-feira (19), ainda há possibilidade de neve entre as serras gaúcha e catarinense, especialmente no planalto sul catarinense e nos Aparados da Serra (RS). Na sexta, ocorrerão geadas em boa parte do Rio Grande do Sul, no sul do Mato Grosso do Sul e no centro e oeste catarinense, bem como do Paraná.

Entre sexta (19) e sábado (20), as temperaturas mínimas previstas para Porto Alegre vão variar entre 1°C e 5°C. Já no sul e oeste gaúcho, entre -1°C e 1°C, e nas áreas altas da serra gaúcha, assim como no planalto sul catarinense, entre -6°C e -3°C. No Paraná, as temperaturas mínimas previstas são entre -3°C e 0°C na serra e no planalto.

 

Previsão de temperatura mínima para o dia 20 de agosto de 2022 às 6h (horário de Brasília). Fonte: INMET.

 

No sábado, a previsão é de geada no sul, sudoeste e em áreas isoladas do centro do Mato Grosso do Sul, na divisa de São Paulo com o Paraná e, de forma ampla, no Sul do Brasil, sendo de intensidade moderada a forte entre o norte do Rio Grande do Sul, centro-sul do Paraná e, também, na serra do sudeste-RS (figura 2). Além disso, o frio chega ao sul de Goiás e de Minas Gerais e ao Rio de Janeiro.

Previsão de geada para o dia 20 de agosto de 2022 às 3h (horário de Brasília). Fonte: INMET.

 

No domingo (21), o ar frio começa a perder força, mas parte do Sul do País continua com previsão de geadas.

(Débora Damasceno/Sou Agro )

(Foto: reprodução internet)

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.