Agricultoras participam de curso para aprimorar atividade produtiva

Compartilhar

#souagro| Agricultoras vão participar de um projeto de capacitação que vai atender pelo menos 30 mulheres da agricultura familiar em Joinville, Santa Catarina.

O projeto, que é uma iniciativa do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) em parceria com a Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina), capacitará 30 agricultoras familiares em Joinville, Santa Catarina.

 

O curso é gratuito e voltado para mulheres rurais e da pesca. O objetivo é promover espaços de capacitação continuada a fim de oferecer ferramentas para qualificá-las para ter mais autonomia no campo, com foco em geração de trabalho e renda, melhoria dos processos de gestão, acesso aos mercados, desenvolvimento econômico, bem como contribuir para o fortalecimento delas no âmbito familiar e em empreendimentos coletivos como cooperativas, associações e colônias de pesca.

As oficinas da quarta turma de capacitação e formação técnica do Curso Mulheres em Ação: Flor-e-Ser foram abertas no dia 2 deste mês.  O Mulheres em Ação: Flor-e-Ser capacitará 250 mulheres até o fim deste ano. Atualmente, conta com 120 agricultoras formadas. Mais de 370 agricultoras e pescadoras de municípios catarinenses já foram beneficiadas pelo projeto.

 

O projeto é executado por uma equipe técnica multidisciplinar, baseada na Pedagogia da Alternância e Psicologia da Cooperação, com carga horária de 80 horas por turma em cinco alternâncias. A metodologia utilizada intercala um período de vivência em sala de aula com outro no campo, permitindo assim que o conteúdo teórico seja colocado em prática na propriedade ou nas organizações coletivas. O programa engloba aulas expositivas, oficinas, viagens educativas e mesas-redondas com mulheres que já desempenham papel de liderança.

Durante a capacitação, as agricultoras familiares terão acesso a conhecimentos fundamentais para aprimorar sua atividade produtiva e ocuparem espaços estratégicos, como oficinas de cooperativismo e associativismo, abordagem de novas perspectivas de negócios, empreendedorismo, planejamento, liderança, educação financeira, segurança alimentar, educação socioambiental e acesso às políticas públicas.

 

Ao fim do curso, previsto para outubro, as alunas serão orientadas a desenvolver um plano de negócios.

(Tatiane Bertolino/Sou Agro)

Fonte e foto: Mapa

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.