ESPECIAIS

Procura por ovos diminui, mas preço permanece estável, afirma Cepea

Compartilhar

#souagro| A procura por ovos diminuiu, mas o preço permanece estável como vinha há 45 dias. A informação é do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), unidade da Universidade de São Paulo.

Mesmo com o avanço da segunda quinzena e a consequente redução da demanda interna, os preços dos ovos comerciais seguem estáveis há 45 dias nas principais regiões acompanhadas pelo Cepea.

Isso porque, apesar da menor procura, o setor segue controlando a oferta da proteína, sustentando as cotações.

 

Na quinta-feira (21), a caixa com 30 dúzias de ovos brancos tipo extra, comercializada em Bastos (SP), foi negociada a R$ 145,31, estável frente à quinta anterior.

Em Santa Maria de Jetibá (ES), a pressão da menor procura nesta segunda metade do mês levou vendedores a concederem descontos. Assim, os preços tiveram leve recuo de 1% de 14 e 21 de julho, a R$ 145,42 a caixa na quinta.

 

Para os ovos vermelhos, as cotações recuaram ligeiro 0,4% em ambas as praças, para R$ 162,5 1 a caixa na capital paulista e R$ 170,72/cx na capixaba no dia 21. Com relação à média mensal, o preço do ovo branco comercializado em Bastos está em R$ 145,09 a caixa na parcial deste mês (até o dia 21), 0,4% inferior ao de junho.

Para o produto vermelho, o recuo mensal é ainda menor, de 0,2%, a R$ 162,09 a caixa na parcial deste mês.

(Tatiane Bertolino/Sou Agro)

 

 

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.