Entenda o que tem causado o aumento no preço do leite

Compartilhar

#souagro| Se você esteve no mercado nos últimos meses deve ter percebido que o preço de muita coisa subiu. O leite é um desses produtos. Uma das causas principais para esse reajuste é o alto custo de produção que chega como reflexo no preço final do produto. Esses aumentos não foram sentidos apenas no Brasil, em países que não produzem leite e precisam importar o produto, a inflação passou dos 52%. No Brasil, esse aumento foi menor, mas o custo de produção para o produtor continuou subindo.

ASSISTA O VÍDEO: 

 

“Se o Brasil fosse importador de leite, durante esse período de dois anos de pandemia, o preço do leite e dos derivados na mesa do consumidor teria subido 52,1%, é isso que subiu no caso dos países que não produzem ou que tem que importar. Aqui no Brasil subiu no acumulado 24%. Mas para o produtor de leite, pra ele produzir leite o custo dele subiu 62,3%. Então hoje a gente está tendo uma situação muito complicada, não é por especulação que o preço do leite está subindo, porque, na verdade, o custo de produção está subindo mais do que o dobro do que o preço na mesa do consumidor. Então, a gente está tendo transferência de renda do produtor de leite, que não é uma pessoa rica, para a população”, detalha Paulo do Carmo Martins, pesquisador da Embrapa Gado de Leite.

Esse aumento nos preços é muito generalizado em produtos básicos da mesa do consumidor. Para se ter um ideia, em um comparativo de abril de 2020 até abril de 2022, a carne bovina subiu 42,6%. O frango ficou 41,7% mais caro, o ovo de galinha 35% e o leite apresentou uma variação de 24% nos preços. A expectativa é de que o custo de produção do setor leiteiro baixe nos próximos meses.

“Se a gente comparar com outros produtos que são fundamentais também são básicos, olha o óleo de soja subiu 145,3% e o café 84,5%. Portanto, é uma elevação generalizada e nós no caso estamos na entressafra do leite. O custo da ração já deu uma estabilizada e a gente espera que nos próximos meses a gente tenha uma estabilidade e retração do custo de produção e também do preço ao consumidor”, finaliza Paulo do Carmo Martins, pesquisador da Embrapa Gado de Leite.

(Débora Damasceno/Sou Agro com Terra Viva)

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.