Foto: AEN

Paraná fortalece parcerias do agro com mercado canadense

Débora Damasceno
Débora Damasceno
Foto: AEN

#souagro| O vice-governador Darci Piana se reuniu nesta semana com representantes da Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC) para tratar da participação do Paraná na maior feira de negócios do setor de alimentos e bebidas da América do Norte (SIAL Canada), que acontecerá em maio de 2023. O encontro foi organizado pela Invest Paraná com o objetivo de fortalecer o relacionamento do Governo do Estado e das empresas paranaenses com potenciais investidores e parceiros comerciais canadenses.

“O Canadá tem uma grande produção, empresas e investidores, além de tecnologia avançada. Poder apresentar o potencial do Paraná no país é um grande começo para termos investimentos aqui e também para podermos importar insumos e tecnologias úteis para nós. Além disso, é uma oportunidade de intercâmbio cultural e turístico que beneficia os dois lados”, afirmou Piana.

 

Segundo o vice-governador, a participação do Paraná em feiras internacionais será uma estratégia para abrir oportunidades que contribuam para o desenvolvimento econômico do Estado ao longo dos próximos quatro anos. “Fizemos isso no primeiro mandato e vamos fazer de novo, indo atrás de investimentos para que a economia paranaense cresça ainda mais, ajudando todo o povo do Paraná”, concluiu.

Para o diretor de Relações Institucionais da Câmara de Comércio Brasil-Canadá, Paulo de Castro, o Estado só tem a ganhar com a participação em feiras internacionais. “O Paraná tem muitas oportunidades que são desconhecidas dos canadenses e parte da nossa função é identificar e divulgar essas oportunidades. Existem diversos setores que percebemos um potencial forte de parcerias, como o agronegócio, os polos de inovação, a biotecnologia e a geração de energia”, disse.

Castro também anunciou que a CCBC pretende abrir um escritório de representação no Paraná, em função do fortalecimento da parceria com o Governo do Estado. “Temos uma parceria forte com a Invest Paraná e estamos estreitando a parceria com outros entes para mostrar tudo que o Estado tem a oferecer ao mercado canadense”, finalizou.

 

FEIRA

A SIAL Canada foi criada em 2021 e atualmente envolve a participação de mais de mil expositores canadenses e internacionais, além de aproximadamente 20 mil visitantes técnicos do Canadá, Estados Unidos e mais 60 países. Trata-se da única feira do tipo realizada no país norte-americano e que abrange a produção, processamento industrial e comércio varejista de alimentos e bebidas.

A etapa de exposições da feira dura três dias, mas a CCBC planejou uma agenda de uma semana no Canadá, incluindo visitas técnicas e reuniões com potenciais compradores dos produtos brasileiros e que pode incluir também a comitiva paranaense. Empresários do ramo alimentício que tiverem interesse em participar da SIAL podem contatar a gerência de Relações Internacionais e Institucionais da Invest Paraná através do telefone (41) 3350-0304 ou pelo e-mail [email protected]

INTERNACIONALIZAÇÃO

De acordo com o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin, o planejamento inicial é aproveitar a viagem da delegação estadual, formada por autoridades e empresários, para a realização de um Paraná Day no país, nas cidades de Toronto e Montreal. O evento internacional é voltado à divulgação do potencial econômico do Paraná e formalização de novos acordos comerciais, a exemplo de outros similares que ocorreram em Nova York, Madri e Cidade do México.

“Estamos montando uma trilha muito importante da internacionalização dos nossos produtos. O Canadá está entre os países que mais importam e o Paraná é um dos estados que mais produz, então é uma grande oportunidade de negócio e a CBCC faz parte desse esforço. Além das empresas e cooperativas não precisarem mais ir sozinhas,  pequenos e médios empreendedores também têm a oportunidade de prospectarem clientes e fornecedores internacionalmente”, explicou.

“Com a criação da Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, a internacionalização é a nossa grande locomotiva para mirarmos para fora, vendermos com mais valor agregado e incrementarmos a arrecadação de tributos”, completou diretor-presidente da Invest Paraná, órgão vinculado à nova pasta, que está sob o comando do secretário Ricardo Barros.

(Com AEN)

 

 

(Débora Damasceno/Sou Agro)

Entre em um
dos grupos!

Mais Lidas

Mais Notícias