Redução da oferta leva à alta do preço da laranja

Compartilhar

#souagro| A redução da oferta levou à alta do preço da laranja nesta semana, segundo o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada).

Os preços dos cítricos seguem em alta nesta semana. Segundo colaboradores do Cepea, ainda que a demanda não esteja tão aquecida, a oferta, no geral, está menor.

No caso da laranja, os meses de seca estão reduzindo a qualidade das frutas que estão nas árvores. Assim, elas acabam não atingindo o padrão exigido pelo mercado de mesa e precisam ser redirecionadas à indústria.

 

Além disso, mais produtores têm priorizado os contratos com as processadoras. Na parcial desta semana, de segunda a quinta-feira, a laranja pera teve preço médio de R$ 35,71 a caixa de 40,8 quilos, na árvore, alta de 2,01% na comparação com o da semana passada.

A rubi, por sua vez, é comercializada à média de R$ 30,08 a caixa, aumento de 0,84% na mesma comparação.

 

No caso da lima ácida tahiti, as valorizações semanais têm sido mais expressivas. Produtores consultados pelo Cepea indicam que a oferta da fruta está ficando mais restrita. Na parcial desta semana, a tahiti teve média de R$ 30,38 a caixa de 27 quilo colhida, elevação de 45,32% em comparação com a da semana passada.

Para esta fruta, a previsão é de que os preços continuem subindo semana a semana, visto que não há expectativa de recuperação da oferta no curto prazo.

(Tatiane Bertolino/Sou Agro)

Fonte: Cepea

 

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.