Segurança alimentar: Inovação é base para agricultura sustentável

Compartilhar

#souagro| Uma reunião internacional para discutir segurança alimentar tem como destaque a importância da inovação para a agricultura sustentável.

Ministros, vice-ministros e altos funcionários da Agricultura, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia de 40 países participam da “Cúpula África-Américas sobre Sistemas Agroalimentares”, em San José, na Costa Rica, com o objetivo de fortalecer a cooperação birregional para enfrentar os desafios da segurança alimentar global e fortalecer o papel de ambos os continentes em questões produtivas.

Entre os assuntos abordados estão a colaboração em ciência, tecnologia e inovação, o que deve estar no centro da cooperação reforçada entre África e América para realizar o potencial dos continentes. Além do fortalecimento do papel dos países para garantir a segurança alimentar e a nutrição global, e a criação de forma homogênea de setores agrícolas produtivos, sustentáveis ​​e inclusivos que contribuam para o desenvolvimento sustentável de ambas as regiões.

 

Representando o Brasil na mesa redonda sobre Ciência, Tecnologia e Inovação, o secretário de Inovação, Desenvolvimento Sustentável e Irrigação  do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Cleber Soares, ressaltou o potencial agrícola do Brasil nas últimas décadas, resultado do investimento em ciência, tecnologia e inovação.

“Estamos aqui para compartilhar nossa visão, trabalhar juntos em uma agenda de bioinsumos, de baixo carbono, com uma rede africana e latino-americana para reduzir custos para os produtores. Com um hub de inovação para nossos continentes”, explica Soares, em apresentação aos países africanos, que veem o Brasil como um grande parceiro para o desenvolvimento da agricultura tropical.

 

Participaram da Cúpula o ministro da Agricultura da Etiópia, Oumer Hussien Oba; o ministro da Agricultura de Burkina Faso, Delwendé Innocent Kiba; e o subsecretário (Vice-Ministro) de Pecuária de Honduras, José Ángel Acosta; além de organizações multilaterais de crédito, cooperação e do setor privado.

O objetivo principal do evento é aumentar as contribuições do setor agropecuário para o crescimento econômico e o desenvolvimento sustentável de forma global e também melhorar o comércio internacional e regional dos Estados-membros.

(Tatiane Bertolino/Sou Agro – com Mapa)

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.