ESPECIAIS

Paraná continua líder na produção de peixes

Compartilhar

#souagro| O Paraná continua líder na produção de peixes em cativeiro. O anuário 2022 da Associação Brasileira da Piscicultura apontou mais uma vez o estado como maior produtor da cultura. Os dados mostram que a produção cresceu 9,3% em 2021, com 188 mil toneladas, 16 mil toneladas a mais que no ano anterior.

O cultivo da Tilápia é considerado carro-chefe do estado. Ele respondeu por 182 mil toneladas, mais que o volume somado dos dois estados que aparecem na sequência: São Paulo, com 76 mil toneladas, e Minas Gerais, com 47 mil toneladas.

A tilápia respondeu 63,5% dos peixes cultivados no Brasil no ano passado, chegando a 534.005 toneladas. Com 262.370 toneladas, peixes nativos como o tambaqui foram responsáveis por 31,2% do total. As outras espécies (carpas, trutas e pangasius) atenderam por 5,3% da produção total de 2021, atingindo 44.585 toneladas.

 

Segundo a associação, a piscicultura envolve mais de 1 milhão de produtores no Brasil e gera cerca de 1 milhão de empregos diretos e 2 milhões indiretos. A atividade movimento, no ano passado, R$ 8 bilhões. A tilápia foi a espécie mais exportada, totalizando US$ 18,2 milhões em 2021, o que representou 88% do total.

A região Oeste do Paraná é considerada modelo de produção de peixes, considerando ao modelo das cooperativas agrícolas e com investimento em infraestrutura, frigoríficos para abate e capacitação dos produtores.

 

O anuário traz o exemplo da C.Vale, que quatro anos depois de dar início a um sistema integrado para produção de peixes, ultrapassou a marca de 100 mil tilápias de abate por dia.

A cooperativa paranaense processa 115 mil tilápias/dia em seu frigorífico no município de Palotina, na região Oeste.

(Tatiane Bertolino/Sou Agro – com Agências)

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.