Brasil bate recorde em energia solar; veja a participação do agro

Compartilhar

 

#souagro | O Brasil vem conquistado o seu lugar ao sol, quando o assunto é energia solar fotovoltaica. O País acaba de atingir a marca de 1 milhão de sistemas de geração de energia instalados. Um feito a ser comemorado, mas ainda há um longo caminho pela frente. Deste total, a agricultura e a pecuária respondem por 7,7%, pouco, diante da grandiosidade exercida por essas atividades no território brasileiro. A informação foi confirmada nesta terça-feira ao jornalista Vandré Dubiela, do Portal Sou Agro, em entrevista concedida pela vice-presidente do Conselho da Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), Bárbara Rubim.

Hoje, a energia solar gerada no Brasil corresponde a 10,6 Gigawatts de potência. Os sistemas estão instalados em telhados, fachadas, pequenos terrenos e em áreas rurais. A capacidade instalada da geração distribuída solar, que são as usinas com até 5 MW edificadas no próprio local de consumo ou próximo a ele, ultrapassou a das grandes usinas da fonte no País, representando 67% da potência total.

 

 

A liderança é ocupada pelos consumidores residenciais tanto em quantidade de sistemas conectados à rede, totalizando 77,6%, quando de potência instalada, referente a 45,4%, conforme números repassados pela Absolar. Os pequenos negócios vêm na sequência, envolvendo os setores de comércio e serviços, com 12,5% das conexões e 32,3% da potência.

Desde 2012, foram investidos R$ 57,4 bilhões em energia solar por parte do setor privado, a partir da regulamentação para a geração distribuída pela Agência Nacional de Energia Elétrica. “2022, poderá ser o melhor ano da energia solar já registrado desde então. A expectativa é de que a potência operacional instalada dobre, superando 17 GW”, estima Bárbara Rubim.

 

 

Dentro do contexto do sistema de energia solar instalado, o agro ocupa a terceira colocação, com 13,7%. “O Brasil tem um potencial enorme para a geração de energia e o proprietário rural consegue extrair várias sinergias dessa oportunidade”, comenta Bárbara Rubim. “Temos disponibilidade de área com possibilidade de integrar o sistema fotovoltaico com a produção rural”, complementa. Segundo ela, é uma tendência chamada de agrofotovoltaico.

Um dos pontos positivos que tem impulsionado o setor envolveu a oferta de linhas de financiamento específicas para o consumidor rural, como o Pronaf Mais Alimentos, por exemplo. “São tendências que apontam um crescimento para o segmento rural na geração própria de energia solar”.

 

 

Em nível mundial, os países com maior adesão ao sistema de energia solar são China, Alemanha e Estados Unidos. O Brasil está entre os 15 países que mais investem nessa tecnologia, isso em relação à capacidade acumulada, mas se for olhar para a instalação de energia, o Brasil salta para a 4ª posição.

Essa marca de 1 milhão de sistemas instalados no Brasil corresponde a 1,3% dos consumidores de energia do Brasil. Conforme a Absolar, atualmente são 88 milhões de unidades consumidoras de energia no País.

 

 

O estado com maior geração própria de energia solar no País é Minas Gerais (17%). Neste ranking, o Paraná ocupa a quinta posição, com 5%. Os maiores desafios ainda são a popularização da energia solar e a desburocratização.

O avicultor e piscicultor Eliezer Cherpinski, do Sítio Cano de Pedra, pertencente à comunidade de Bela Vista, em Cafelândia, está rindo à toa. “Queria ter colocado esse sistema 20 anos atrás”, resume, em tom de satisfação pelas resultados obtidos a partir da implantação das 170 placas fotovoltaicas que garantem energia limpa na propriedade. Antes de aderir ao sistema, o custo mensal do produtor com energia elétrica oscilava entre R$ 2,5 mil e R$ 3 mil. Ele financiamento o sistema em 10 anos mas acredita que pagará o investimento em no máximo 7 anos. “Quem ainda não implantou ou está pensando, não demore, porque vale muito a pena”.

(Vandré Dubiela/Sou Agro)

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.