ESPECIAIS

Risco de Salmonela: Anvisa determina recolhimento de chocolate Kinder

Compartilhar

#souagro| Depois de anunciar que estava monitorando os lotes de Kinder Ovo no Brasil, após a confirmação de casos de Salmonela na Europa, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou o recolhimento do lote L343R03 do produto Kinder Schoko-Bons Branco 200g pelo risco de contaminação pela bactéria Salmonella typhimurium.

Inicialmente foi anunciado que o Brasil estava fora da lista de países para os quais o produto foi distribuído, mas agora, segundo a Anvisa, foi identificada uma importação para o mercado brasileiro realizada pela empresa Terra Nova Trading Ltda.

Ainda segundo a Agência, os produtos da fábrica responsável pela Kinder, na Bélgica, foram alvo de alerta internacional comunicando um surto dessa bactéria em chocolates da marca, mas apenas o lote recolhido foi afetado. Os outros produtos da Kinder continuam sendo vendidos normalmente.

 

Há um alerta de como o consumidor pode identificar o produto com risco de contaminação: “Caso identifique o produto pelo nome (SCHOKO-BONS), o consumidor deve olhar no rótulo qual o nome do fabricante (‘Fabricado por’ ou ‘Produzido por’ Ferrero Argdennes SA – Arlon, Bélgica), além do número do lote, que é composto por letras e números (Lote L343R03)”, afirma o comunicado da Anvisa.

De qualquer forma, a agência informou que estão sendo tomadas todas as medidas pelo Sistema Nacional de Vigilância Sanitária para que o produto não seja encontrado nas lojas.

Na semana passada a Anvisa já havia proibido a venda, distribuição, importação e uso dos produtos da marca Kinder para os lotes fabricados pela empresa Ferrero na Bélgica.

 

O que diz a empresa

Em nota, a Ferrero do Brasil, responsável pela Kinder, informou que está ciente da decisão da Anvisa e que não comercializa no Brasil o produto Kinder Schoko-Bons Branco 200g: “Reforçamos que não comercializamos este produto no País e que tomamos conhecimento de que empresa terceira, com a qual não mantemos relação comercial, importou Schoko-Bons, o qual faz parte de recall conduzido no exterior”.

Nesse caso, a Nova Trading Ltda seria uma importadora independente, que compra os produtos fora do país e os traz para o Brasil: “Estamos colaborando com Anvisa sobre este caso. Todos os demais produtos Kinder distribuídos pela Ferrero do Brasil são seguros para consumo e não são afetados por este recolhimento”, acrescentou a empresa.

(Débora Damasceno/Sou Agro com Agência Brasil)

 

Foto: reprodução internet

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.