Menos defensivos e mais biológicos é aposta de muitos agricultores

Compartilhar

#souagro| A troca de defensivos agrícolas pelos produtos biológicos que já sofreu muita resistência na agricultura, tem aos poucos conquistado os produtores rurais. Por isso há empresas que apresentam que atendam a demanda do mercado agrícola por produtos diferenciados. Como é o caso da JCO BIOPRODUTOS que tem sede em Barreiras, na Bahia e está presente na Agrishow.

A Luciane Oliveira Miller é diretora técnica e dá detalhes de como o uso de biológicos pode trazer benefícios para as lavouras.

ASSISTA O VÍDEO:

 

“Um dos produtos que a gente tem mais aceitação é o fungo Trichoderma. Ele é um fungo que é dos mais estudados no Brasil e ele é utilizado pra promoção de crescimento das plantas”, explica Luciane.

É importante ressaltar que o uso de biológicos é uma forma de diminuir o uso de defensivo agrícola: “O que acontece é que existem alguns produtos biológicos que são utilizados para controle de doenças e outros utilizados pra controle de insetos. E assim, eles não podem ser usados sozinhos, eles tem que ser usado como parte de um manejo integrado. Então o que acontece? o produtor ele usa o agrotóxico em várias aplicações e ao longo das safras vai se criando uma resistência aquela molécula, os insetos, as doenças. O biológico ele entra pra diminuir essa resistência. Porque vamos supor, vamos ter cinco aplicações de fungicida. De repente você consegue fazer quatro de um fungicida químico e um de um biológico. E aí você reduz esse número de aplicação e consegue segurar as moléculas químicas por mais tempo sem existência”, detalha Luciane.

 

Atualmente os produtores rurais estão mais adeptos ao uso de biológicos e a procura tem aumentado: “Os produtos biológicos antigamente era visto como uma coisa bem eh ecológica, mas o que o produtor percebeu é que justamente com esse número maior de aplicações de agrotóxicos eles estão gastando cada vez mais dinheiro pra ter às vezes a mesma produção ou um pouquinho maior. Então, eles estão muito abertos ao produto biológico justamente pra ver se eles conseguem diminuir o custo da produção deles, porque os produtos biológicos são mais baratos que o os químicos geralmente e consegue manter aquela molécula química com menos aplicações”, finaliza Luciane.

(Débora Damasceno com Sirlei Benetti/Sou Agro)

(Foto: reprodução internet)

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.