Produtoras de café especial são homenageadas

 

Foi cantando que a presidente da Amucafé (Associação das Mulheres do Café do Norte Pioneiro do Paraná), Claudionira Inocência de Souza, agradeceu o título de Menção Honrosa recebido terça-feira (21), na Assembleia Legislativa do Paraná, uma homenagem proposta pela deputada Cristina Silvestri e pelo deputado Luiz Claudio Romanelli, às produtores de café especial.

“Nós somos protagonistas de uma revolução silenciosa no Norte Pioneiro do nosso Paraná. Nós somos pioneiras, as mulheres do café. Entenda quem quiser o trabalho que fazemos junto com nossa família, nós vivemos aqui na roça trabalhando com café, pois ele dá o nosso sustento”, dizia a canção.

Clique e faça parte do grupo de WhatsApp do Sou Agro

Claudionira, ou simplesmente Nira, como é chamada, agradeceu aos deputados pela homenagem que é o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela Amucafé que visa o desenvolvimento da autoestima das mulheres produtoras de café, mostrando a elas que possuem condições de fazer a diferença no plantio e manejo do produto, principalmente de um café de tipo especial que é produzido na região. “Agradeço a todos os deputados e deputadas por esse momento tão especial na nossa vida. A gente fica emocionada de estar aqui e ouvir a nossa história sendo contada pela deputada Cristina”, disse. “Nossa demanda é grande para manter essas famílias cafeicultoras no Norte Pioneiro do Paraná. Por isso a criação da Amucafé veio para dar esse suporte para essas mulheres que estão lutando para manter suas famílias, manter a agricultura familiar. Só temos a agradecer por esse momento e por tudo o que está acontecendo. Ficamos lisonjeadas por esse momento que estamos aqui sendo recebidas por vocês”.

Em 2015, três produtoras foram campeãs do concurso Café Paraná e, desde então, estão entre os cinco melhores café avaliados pelo concurso. Hoje são 250 produtoras, nos 11 municípios. 80 produzem o café especial e estão aumentando dia a dia, graças ao trabalho, a determinação dessas mulheres e o monitoramento da equipe técnica e social do IDR Paraná. O café produzido é exportado para o Chile, Japão, Austrália e Estados Unidos, além de países europeus.

 

Fonte: Alep

 

Compartilhe em suas redes sociais:

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.