Foto: Envato

Carne de frango brasileira ganha mais espaço no Reino Unido

Débora Damasceno
Débora Damasceno
Foto: Envato

#souagro| Quando se fala em agronegócio, o Brasil tem se destacado cada vez mais no mercado internacional. E agora, os produtores de frango tem mais um motivo para comemorar. É que Brasil e Reino Unido, concluíram um acordo que estabelece novos volumes de cotas de exportação de carne de frango brasileira para o país europeu.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) comemorou a novidade, já que o acordo revisa a divisão das cotas estabelecidas originalmente logo após o Brexit (é o processo de saída migratória do Reino Unido da União Europeia) e que, de certa maneira, não refletia exatamente os fluxos de comércio.

 

“A conclusão do acordo normaliza e estabelece padrões de cotas mais adequados à demanda britânica. Além do mais, o acordo estabelece a continuidade do mecanismo de certificado de origem, garantindo assim estabilidade e tranquilidade às negociações comerciais, detalha o diretor de mercados da ABPA, Luís Rua.

Com isso, o Brasil passa a ter participação maior neste mercado, especialmente em produtos cozidos e salgados – que possuem, historicamente, elevada demanda dos processadores ingleses.

“Após uma detalhada negociação e o competente trabalho do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, com o apoio dos Ministérios da Agricultura e da Economia, vimos a conclusão de um processo que é fundamental para as exportações avícolas. As novas cotas deverão gerar impactos positivos nas vendas do setor, refletindo a elevada demanda que existe pelo produto brasileiro neste mercado”, destaca o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

 

Entre janeiro e outubro deste ano, o Reino Unido importou 79,794 mil toneladas de carne de frango do Brasil, número praticamente igual ao realizado no mesmo período de 2021, com 79,800.

(Com ABPA)

(Débora Damasceno/Sou Agro)

Entre em um
dos grupos!

Mais Lidas

Mais Notícias