Após morte de cães e interdição de fábrica de petiscos, Mapa pede que consumidores denunciem

Compartilhar

#souagro| Na semana passada falamos aqui no Sou Agro que o Mapa determinou a retirada de produtos de alimentação animal do mercado após a morte de pelo menos nove cães em Minas Gerais e São Paulo e fechou a fábrica. A determinação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, foi para retirada nacional de todos os lotes de produtos da empresa Bassar Indústria e Comércio Ltda, em razão da suspeita fundamentada de ocorrência de produtos contaminados.

Mas às ações não pararam e agora a nova determinação do Ministério é que todos os estabelecimentos distribuidores sejam fiscalizados para manter a ordem do recolhimento nacional de todos os lotes de produtos da empresa.

 

As equipes de fiscalização do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Mapa continuam investigando os casos. Os Laboratórios Federais de Defesa Agropecuária do Ministério já estão analisando os produtos coletados.

Além disso, o Mapa orienta os usuários do produto, que formalizem as denúncias junto à Ouvidoria do Ministério munidos de informações sobre lote e data de fabricação dos produtos suspeitos. Já para fins de ressarcimento, consumidores devem entrar em contato com o fabricante ou com o estabelecimento.

 

Na última sexta-feira (2), a equipe de fiscalização do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Mapa interditou a fábrica envolvida, localizada em Guarulhos (SP), até que sejam apresentadas todas as informações requeridas pela fiscalização.

(Débora Damasceno/Sou Agro com Mapa)

 

(Foto: Envato)

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.