Liga Cascavel revoluciona acesso à internet no campo

Compartilhar

 

#souagro | Com máquinas agrícolas cada vez mais modernas e necessitando de conectividade no campo para o seu pleno funcionamento, Cascavel avança em direção ao desenvolvimento deste setor.

De acordo com pesquisa feita pelo IBGE (Instituto Nacional de Geografia e Estatística), 79% da população rural tem acesso à internet, porém, de baixa qualidade. Foi-se o tempo em que morar no meio rural significa estar isolado do mundo.

Pensando nisso, o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, deverá lançar nos próximos dias o Liga Cascavel. “A expansão tecnológica e da produção é muito veloz, com colheitadeiras e implementos modernas, inclusive com dispositivos de comunicação remota. Hoje, uma máquina de colher grãos consegue enviar em tempo real para um programa ou aplicativo, quantos grãos ela colhe por hectare”, comenta o prefeito.

 

VEJA A REPORTAGEM:

 

O Município vai lançar em breve um edital para implantação de dez torres de internet no meio rural, para que o produtor possa aproveitar ao máximo a conectividade direto da lavoura.

 

Brasil inaugura primeira antena de 5G em área rural do país

Alívio no campo: a chuva chegou!

 

O presidente da AREAC (Associação Regional dos Engenheiros Agrônomos de Cascavel), Engenheiro Agrônomo Cesar Veronese, recebeu a notícia com satisfação. “Em um dos encontros com Paranhos, sugerimos a ele que instalasse as torres de conexão de internet, para melhorar o rendimento das máquinas no campo”. Por intermédio de um bom sinal de internet, será possível atender as demandas tecnológicas, desde o plantio até a colheita”.

(Vandré Dubiela)

 

Foto: Gisele Rosso/Embrapa

 

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.