ESPECIAIS

Extensão rural completa 66 anos no Paraná

Compartilhar

#souagro | A Extensão Rural oficial é responsável pela execução de uma parte importante de diversos programas dos governos estadual, federal e municipais. Com objetivo de dinamizar as economias locais em todo o Estado. As ações são diversas, desde a busca de melhores índices de produtividade e rentabilidade da pecuária, até a difusão de práticas que resultem na produção sustentável de grãos. E nesta sexta-feira (20) completa 66 anos de trabalho.

Foi no dia 20 de maio de 1956 que a Extensão Rural chegou ao Paraná, com a instalação do Escritório Técnico de Agricultura (ETA). Por meio de um convênio firmado entre os governos paranaense e norte-americano. O objetivo da iniciativa era melhorar a produtividade da agricultura paranaense.

 

 

Os resultados foram tão positivos que, terminado o convênio, uma ONG assumiu a continuidade do trabalho. Era a Acarpa (Associação de Crédito e Assistência Rural). Quando o Governo do Estado assumiu a assistência aos produtores, a ONG deu lugar à Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Paraná), que em 2005 foi transformada em autarquia, o Instituto Emater.

Em 2019, o Governo do Estado fundiu os serviços do Instituto com o Iapar (Instituto Agronômico do Paraná), Codapar (Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná) e CPRA (Centro Paranense de Referência em Agroecologia), criando o IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater).

Os profissionais do IDR-Paraná também elaboram projetos para os agricultores atendidos pelo Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), atende os beneficiários do Brasil Sem Miséria e prestam assistência técnica a assentamentos. Eles ainda estão presentes na execução de projetos do Programa de Crédito Fundiário que regulariza a posse de terras, bem como em projetos de desenvolvimento regional.

O IDR-Paraná também dá apoio a programas de outras secretarias como o Família Paranaense, Habitação Rural, Prorural, CAR (Cadastro Ambiental Rural), PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar).

Os profissionais do IDR-Paraná levam aos produtores inovações tecnológicas, informações sobre gestão da propriedade e práticas de manejo das criações, contribuindo para aumentar a qualidade dos alimentos produzidos no meio rural. Para mitigar os problemas ambientais da agricultura, os extensionistas participam de programas como o Manejo Integrado de Pragas e de Doenças, que vem reduzindo sensivelmente o uso de defensivos agrícolas nas lavouras. Em conjunto com outras instituições, o IDR-Paraná executa o Programa de Manejo de Águas e Solo em Microbacias, que melhora as condições do solo, evita a erosão e preserva os recursos hídricos no meio rural.

 

(Ageiél Machado com AEN)

 

 

(Foto: IDR-PR)

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.