VEJA: os riscos de plantar o milho fora do período ideal

Compartilhar

 

#souagro | Por diversas vezes, já abordamos no Portal Sou Agro sobre a importância dos produtores rurais ficarem atentos ao período ideal para realizar o plantio. Muitos agricultores estão agora, principalmente no oeste paranaense, já fazendo a colheita da safra da soja, que foi uma grande frustração por conta da estiagem. E por conta desse cenário, muitos já querem iniciar o plantio do milho, muitos dos quais já fizeram. Entretanto, há uma preocupação se esse é ou não o melhor período. Qual o manejo precisa ser feito na lavoura para que a próxima safra do milho seja boa.

Confira a entrevista com o engenheiro agrônomo Maurício Patel, da Primato:

Para entender melhor sobre esse assunto, conversamos com a Primato, sediada em Toledo, que agrega milhares de associados, e conversamos com o engenheiro agrônomo Maurício Patel, que trouxe relevantes informações para que ele possa fazer o plantio de uma forma mais assertiva. “O produtor, neste momento, que está realizando a colheita da soja de verão, que se preocupe, sim, com as condições ideais de plantio“, explica. “Aguarde uma chuva boa, para que reestabeleça a qualidade do solo para uma germinação, um bom desenvolvimento inicial da cultura do milho”.  A fase inicial do milho faz a diferença nos índices de produção, conforme o engenheiro agrônomo. “Que o produtor não tenha pressa. Aguarda o momento ideal. A janela do plantio do milho está apenas no início. Temos até fevereiro para realizar esse plantio, ou seja, que faça isso de uma maneira tranquila e no momento ideal”.

Normalmente, o plantio de milho ideal é na segunda quinzena de janeiro indo até meados de fevereiro. “É nessa época que o milho vai expressar o seu máximo rendimento. O seu real potencial de produtividade. Plantado muito cedo, pode haver problemas com pragas iniciais, entre as quais a cigarrinha, levando o produtor a adotar medidas de precaução. Como não há muitas lavouras, as primeiras serão duramente castigadas”. Por conta disso, o produtor precisa tomar um cuidado extra com essas lavouras e também, pelo fato de os dias serem muito longos nessa época, e o milho por ser uma cultura medida em unidade de calor, quanto mais longo o dia, mais cedo ele vai florescer. “Pode ocorrer o risco de florescer durante fevereiro, inicio de março, onde seria muito bom, pois vai reduzir produtividade”. Em resumo, está cedo, que o produtor tenha paciência, o preço é muito bom, apesar dos custos de produção elevados, mas o resultado do produtor se ele plantar na época certa, o milho certo, com a quantidade de população correta, tudo vai dar certo”.

A Primato tem uma equipe de técnicos e agrônomos, capacitada, qualificada e treinada para melhor informar quanto a população de milho correta, adubação, a época certa de plantio. “O produtor pode procurar a Primato, que temos uma equipe qualificada para atendê-los e insumos para condução dessa lavoura”.

(Vandré Dubiela/Sou Agro)

 

 

 

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.