Frio de congelar a chuva e previsão de geada

Compartilhar

 

#souagro | A massa de ar gélida chegou com força na região oeste paranaense. Para muitos, o frio rigoroso levou muitos produtores a buscar o calor do fogão a lenha. Nesta segunda-feira (28), o Portal Sou Agro registrou a chuva congelada em vários pontos da cidade de Cascavel. As maiores preocupações no momento envolvem as atividades de hortifrutigranjeiros e as plantações de café em todo o Estado. O milho safrinha ainda está susceptível ao frio. Se a geada se confirmar, boa parte da produção ainda em fase de enchimento de grãos será comprometida, comenta o engenheiro agrônomo Airton Cittolin.

O IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater) e o Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná) alertam que há previsão de geadas na madrugada de terça (29), quarta (30) e quinta-feira (01/07) em toda a região cafeeira paranaense.

A recomendação para os plantios novos de café, com até seis meses de campo, é enterrar as mudas. Viveiros devem ser protegidos com várias camadas de cobertura plástica ou aquecimento, com a opção de adotar as duas práticas simultaneamente.

Nos dois casos – lavouras novas e viveiros –, a proteção deve ser retirada logo que a massa de ar frio se afastar e cessar o risco imediato de geada.

Nas lavouras com idade entre seis meses e dois anos, a recomendação aos produtores é amontoar terra no tronco das plantas até o primeiro par de folhas. Essa proteção deve ser mantida até meados setembro, e depois retirada com as mãos.

Oferecido de maio a setembro, o Alerta Geada tem o objetivo de auxiliar os produtores a adotarem técnicas para proteção de cafezais. O serviço é destinado prioritariamente à proteção de lavouras com até dois anos de implantação. Durante o período de operação do sistema, os pesquisadores acompanham as condições meteorológicas na região cafeeira do Estado e publicam diariamente um boletim informativo.

Além do informe diário, se houver aproximação de massas de ar frio com potencial de causar danos às lavouras de café, é emitido, e amplamente divulgado, um pré-alerta com 48 horas de antecedência. Caso as condições para formação de geadas persistam, um novo aviso, de ratificação, é expedido em até 24 horas antes da previsão de ocorrência do evento.

O boletim diário e os alertas de geada podem acompanhados no aplicativo IAPAR Clima, disponível gratuitamente na App Store, no Google Play e no site do IDR Paraná e do Simepar. Também é possível receber os avisos pelo WhatsApp. Basta salvar nos contatos o número (43) 3376-2248 e enviar a mensagem “quero receber o Alerta Geada”.

 

Foto: Vandré Dubiela/Sou Agro

 

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.