Você sabe para que serve o Trigo Mourisco?

Compartilhar

 

#souagro | Você já ouviu falar do trigo mourisco? Sabia que o Paraná é considerado o maior produtor desse grão, com uma produção próxima de 2.640 toneladas/ano. Em uma das visitas que a equipe do Sou Agro fez ao interior de Cascavel, se deparou com um produtor dessa cultura na comunidade de Gramadinho. Marcelo Pedroso de Jesus nos conta que já é o terceiro ano que aposta no trigo mourisco, principalmente para fazer frente ao nematoide. “E os resultados positivos com essa prática já começaram a aparecer”, conta o produtor, que plantou trigo mourisco duas áreas distintas, totalizando 50 hectares.

“Estamos colhendo parte para produzir sementes a futuros plantios e o restante utilizamos como ração”, relata. A partir de estudos realizados, o trigo mourisco é considerado uma potente ferramenta no enfrentamento aos nematoides, inibindo a reprodução e suprimindo o desenvolvimento das formas mais juvenis.

 

Chegou a nossa hora: Paraná Livre de Febre Aftosa sem vacinação

Seca e geada afetam pastagens e ameaçam a produção de leite

 

Proveniente das regiões centrais da Ásia, o trigo mourisco é uma planta muito cultivada na Polônia e Ucrânia compondo vários pratos da culinária típica desses países. No Brasil, foi introduzido no século 20, por imigrantes da região Sul. O trigo mourisco foi produzido inicialmente por estes imigrantes para consumo próprio por ser uma opção mais barata de alimento em relação a outros cultivos, como arroz e trigo que demandam mais insumos.

A maioria da produção é destinada ao mercado internacional (Japão e França) e o restante ao mercado nacional de produtos saudáveis, como a fabricação de soba (macarrão japonês).

 

O que são nematoides

Os nematoides são organismos que escapam à nossa percepção devido ao seu tamanho e à sua coloração quase transparente. Estas criaturas ativas alongadas se movem como serpentes e habitam solo, rios, lagos e mares, e podem ser encontradas desde regiões extremamente frias até regiões de desertos. Os nematoides podem ser de vida livre, parasitas de plantas, de insetos ou de animais.

Um grande número de nematoides parasitam plantas, atacando principalmente seus órgãos subterrâneos, como raízes, bulbos, tubérculos e rizomas, e também os órgãos aéreos, como caule, folhas e sementes. Todas as espécies de plantas cultivadas são parasitadas por nematoides, porém, devido ao pequeno tamanho deste grupo de nematoides (0,3 a 3mm de comprimento e 0,015 a 0,050 mm de diâmetro) e em razão de os sintomas causados nas plantas se confundirem com os de deficiência mineral ou de outra origem, estes serem passam despercebidos pelos agricultores.

(Vandré Dubiela)

Fotos: Sou Agro

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.