Exportações de carne bovina da Argentina aumentam 22%

Compartilhar

As exportações argentinas de carne bovina totalizaram 145 mil toneladas no 1T21, crescimento de 22% na base anual. Em receita, as exportações totalizaram US$ 609 milhões no 1T21, estável quando comparado ao 1T20, segundo informações divulgadas pela Minerva Foods na publicação Panorama Setorial do 1o trimestre de 2021.

Nesse primeiro trimestre de 2021, o principal destino das exportações foi a China, representando 59% do total e seguindo como o maior share do país. Em segundo temos Israel com 12% de share das exportações, seguido pelos mercados do Chile, da Alemanha e da Holanda.

Nos três primeiros meses deste ano, o abate argentino de carne bovina totalizou 3,2 milhões de cabeças, estável na comparação anual. O preço médio do gado no país atingiu 282,8 pesos argentinos por kg, aumento de 32% ante o 4T20 e de 85% se comparado ao mesmo período de 2020. Vale ressaltar que o aumento significativo nos preços em moeda local reflete o impacto da alta inflação que atinge o país. Em dólares, o preço médio do gado alcançou US$ 3,2/kg.

No mercado interno, o país seguiu sofrendo os reflexos da crise econômica, além das consequências relacionadas a pandemia. Desse modo, os produtos de menor custo unitário, como por exemplo patês e salsichas, seguiram como destaque no consumo de proteína animal da população argentina. As informações partem da Minerva Foods.

Fonte: Agência SAFRAS

Foto: Reprodução

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.