Preço do arroz gaúcho segue subindo em plena colheita

Compartilhar

 

O preço do arroz gaúcho, principal referencial nacional, voltou a mostrar estabilidade na quarta semana de março, apesar da evolução da colheita, que chega a 43%, segundo o Irga. Na média do Rio Grande do Sul, na última cotação, a saca de 50 quilos do cereal em casca encerrou a quinta-feira (25) a R$ 87,10, ante R$ 86,70 no dia 18, ou seja, Ainda representa um recuo de 0,11% frente ao mês anterior e uma alta de 72,74% quando comparado ao mesmo período do ano passado.

Conforme o analista de SAFRAS & Mercado, Gabriel Viana, a demanda internacional mais ativa neste início de ano e o câmbio tornando o arroz brasileiro competitivo e muito remunerador ao produtor na exportação trazem este cenário mais firme aos preços. “Ainda assim, há grande expectativa de que os preços recuem nas próximas semanas, com o avanço da colheita e normalização da oferta doméstica”, pondera.

As importações brasileiras de arroz base casca somaram 4,172 mil toneladas até a terceira semana de março (15 dias úteis), com média diária de 278,1 toneladas. O valor com as compras no exterior totalizou US$ 1,167 milhão, com média diária de US$ 77,8 mil. As informações são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Em fevereiro, tinham somado 16,6 mil toneladas.

Em relação à igual período do ano anterior, houve avanço de 0,12% no volume diário importado (277,8 toneladas diárias em março de 2020). Já a receita diária teve acréscimo de 48,16% (US$ 52,5 mil diários em março de 2020).

Fonte: Agência SAFRAS

 

Veja também:

Paraná prevê 148 mil toneladas de arroz na safra 2020/2021

Arroz: safra brasileira deve alcançar 11 milhões de toneladas

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.