VBP do frango pode aumentar 6% e como de costume, Paraná é destaque

Compartilhar

 

Depois de retroceder 2,3% em 2020, no corrente exercício o VBP – valor bruto da produção -, do frango pode aumentar pouco mais de 6%. Pelas mais recentes previsões da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, deve ultrapassar a marca dos R$ 96 bilhões, superando assim o recorde alcançado em 2019, de R$96,6 bilhões (valor deflacionado pelo IGP-DI da FGV de junho de 2021).

Em termos estaduais o Paraná lidera, imbatível, o ranking nacional, respondendo por quase um terço do total previsto. Notar, neste caso, que supera não apenas as demais unidades produtoras da Federação, mas também as Regiões Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte.

Em outras palavras, o VBP paranaense fica aquém, apenas, do VBP da Região Sul. Isto porque os outros dois estados sulinos, Santa Catarina e Rio Grande do Sul ocupam, no ranking, a segunda e terceira posições. Juntos, os três estados respondem por quase 60% do VBP total, o que significa, também, que o Sul supera o VBP somado das outras quatro regiões.

 

Fonte: Avisite

 

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.