Telemedicina revoluciona saúde dos produtores

Compartilhar

 

O Sistema CNA/Senar apresentou às Federações de Agricultura e Pecuária do Nordeste e de Minas Gerais, o projeto-piloto de Telemedicina para beneficiar 25 mil propriedades rurais. O trabalho contempla os produtores atendidos pelo programa Agronordeste e que recebem Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

A iniciativa já está disponível e tem como finalidade melhorar a saúde dos produtores rurais do Agronordeste e seus familiares que, em muitos casos, estão distantes de postos ou unidades de saúde. Para isso, será oferecido acesso a atendimento médico através de videoconsultas via internet feitas por clínicos gerais e especialistas em medicina de família. Com essa medida, será possível reduzir o tempo de espera para atendimento e aumentar a disponibilidade de horários para consultas. Para a realização dos atendimentos foi contratada uma empresa especializada em telemedicina.

O Agronordeste é um plano de ação criado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que é desenvolvido em parcerias como, por exemplo, a do Sistema CNA/Senar, que oferece ATeG aos produtores cadastrados no programa. O diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, destacou que a iniciativa vai envolver a cobertura de 100 mil vidas nesse primeiro momento. Segundo ele, a entidade já desenvolve programas de promoção social como o Saúde do Homem e da Mulher Rural, mas uma ação social desse tamanho e formato é inédita dentro do Sistema.

“Queremos resolver os problemas ou dar soluções de saúde para um grupo de produtores e suas famílias. Acreditamos que essa iniciativa poderá ser multiplicada para o resto do País e se tornar um grande serviço que o sistema sindical venha a prestar para os produtores rurais brasileiros”, afirmou.

Conforme o médico e consultor técnico da CNA para Telemedicina, Alberto Ogata, já existem projetos semelhantes na Austrália, China e Canadá, mas o serviço desenvolvido pelo Sistema CNA/Senar é exclusivo para o meio rural, com profissionais treinados para entender a linguagem e as particularidades desse público.

“Temos a chance de contribuir num processo que vai melhorar a saúde do produtor rural brasileiro. É um momento histórico e que pode fazer toda a diferença. Eu acho que o Senar tem a chance de ser um case mundial. Não há experiência com essa escala e estrutura no mundo”.

 

Fonte: Senar

 

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.