Revolução 5G abre novos horizontes ao agronegócio

Compartilhar

 

#souagro | Não é por acaso que Cascavel e em especial, a região oeste do Paraná, são conhecidas mundialmente como o berço do agronegócio e agora, assume um papel de vanguarda de uma nova era com o anúncio e a assinatura, na manhã desta quinta-feira, do projeto de instalação de uma torre para difusão do sinal 5.0 em uma área de entorno de até cinco quilômetros. A revolução chegou ao agronegócio e a Coopavel novamente será a vitrine, ao implantar a estrutura em seu Centro Tecnológico, palco principal do Show Rural Coopavel.

 

Confira reportagem produzida pela jornalista Sirlei Benetti, que participou do evento:

 

Um dos mais entusiasmados com a novidade é o presidente da Coopavel, Dilvo Grolli. “Todos fazem parte do agro e o que acontecerá nos próximos 12, 24 e 36 meses, será uma revolução por intermédio da tecnologia conhecida como 5G”, descreve. O reflexo, conforme Dilvo, será um salto na qualidade das informações e incremento na produtividade.

Dilvo Grolli, presidente da Coopavel: tecnologia de ponta

O responsável pelo setor de vendas da Huawei do Brasil, Francisco Menezes, comenta que hoje há uma grande ideia e uma verba disponível. “O próximo passo será o de encontrar empresas capacitadas para desenhar um esboço do projeto de acordo com as necessidades apresentadas pela Coopavel”. O diretor-presidente do Parque Tecnológico Itaipu, General Eduardo Garrido, cita que a ideia é transformar o local é uma incubadora de ideias, a partir de uma mentoria garantida pelo próprio PTI. O objetivo principal é tornar esse o maior projeto de inovação aberta do Brasil beneficiando a agricultura e a pecuária.

(Sirlei Benetti/Vandré Dubiela)

 

Eduardo Garrido, diretor-presidente do Parque Tecnológico Itaipu

 

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.