Preços motivam e área de soja deve aumentar no Brasil em 2021/22

Compartilhar

Impulsionados por dois anos consecutivos de preços firmes, o sojicultor brasileiro deverá ampliar novamente a área a ser cultivada em 2021/22. Com o plantio iniciando somente em setembro, o cenário preliminar, contando com clima regular, aponta para nova produção recorde, podendo superar 140 milhões de toneladas.

Os produtores brasileiros deverão cultivar 39,82 milhões de hectares em 2021/22, a maior área da história, crescendo 2,3% sobre o total semeado no ano passado, de 38,93 milhões. A projeção faz parte do levantamento de intenção de plantio de SAFRAS & Mercado.

Com uma possível elevação de produtividade, de 3.542 quilos para 3.590 quilos por hectare, a produção nacional deve ficar acima da obtida nesta temporada. A previsão inicial é de uma safra de 142,24 milhões de toneladas, 3,7% maior que o recorde de 137,19 milhões obtido neste ano.

“O Brasil novamente deverá registrar uma expansão na área semeada com soja na safra 2021/22, que começará a ser plantada em setembro”, confirma o analista de SAFRAS & Mercado, Luiz Fernando Roque.

Os preços elevados no segundo semestre deste ano, serão o principal fator de incentivo para um novo crescimento da área brasileira de soja.

Apesar disso, nesta temporada, o avanço poderá ser um pouco menor frente a temporadas anteriores, devido às boas margens registradas também no milho e na pecuária. Mesmo assim, a soja ganhará terreno frente à abertura de novas áreas e recuperação/utilização de áreas de pastagens degradadas.

O maior aumento percentual de área deverá novamente ficar com a região Norte, onde a fronteira agrícola encontra mais espaço para crescimento. Entre os principais estados produtores, destaque para o Mato Grosso, que mesmo com a maior área semeada no país, deverá registrar um novo aumento considerável. No estado e em toda a região Centro-Oeste, além do Sudeste, mantém-se a ideia de centralização da produção de verão na soja e da segunda safra no milho.

“Se o clima permitir, o Brasil irá colher uma nova safra recorde de soja na temporada 2021/22, superando pela primeira vez o patamar de 140 milhões de toneladas produzidas”, conclui Roque.

Fonte: Agência SAFRAS

Foto: Jaelson Lucas / AEN

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.