ESPECIAIS

Vai nevar novamente na região sul?

Compartilhar

O risco de neve volta a ser considerado, mas a geada será o principalmente fenômeno desta vez. A segunda quinzena de julho de 2021 promete ser gelado no Sul do Brasil, mas também em muitas áreas do Sudeste e do Centro-Oeste e o ar polar vai chegar novamente a Rondônia, Acre e ao sul do Amazonas provocando nova friagem.

O frio destas massa de ar será semelhante ao que o Brasil sentiu na virada de junho para julho. Até agora, a menor temperatura registrada oficialmente no Brasil este ano foi de -7,5°C em 29 de junho, em Bom Jardim da Serra, na serra de Santa Catarina, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, e de -6.5ºC em Urupema, também na serra catarinense, no mesmo dia, pela medição do Epagri/Ciram.

Possibilidade de neve no Sul do Brasil

Uma forte massa de ar frio de origem polar vai avançar sobre o Brasil neste fim de semana, 17 e 18 de julho de 2021.

A forte queda da temperatura começa a ocorrer neste sábado, 17, mas se acentua no domingo. A presença de um ciclone extratropical no oceano, próximo da costa do Rio Grande do Sul e do Uruguai vai manter um fluxo de umidade sobre o Sul do Brasil em parte dos dias 17 e 18 de julho.

A atmosfera muito fria (entrada de ar gelado, de origem polar) e úmida (circulação do ciclone extratropical joga umidade para o o Sul do Brasil) poderá proporcionar condições favoráveis para a formação de neve e/ou de outros tipos de precipitação invernal. A neve é uma precipitação sólida, isto é, a neve cai de uma nuvem e  para formar nuvens é preciso ter bastante umidade.

Qual a chance de nevar nos próximos dias?

A chance de nevar , ou de ocorrer alguma precipitação de inverno, como chuva congelada,  é considerada apenas para madrugada e amanhecer do dia 18 de junho, domingo, e somente para as regiões mais elevadas da serra entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

A possibilidade de nevar no dia 18 de julho é baixa. A análise da simulação dos modelos meteorológicos indicou até agora apenas este dia e período. Além disso, apenas o modelo GFS (EUA) mostrou esta possibilidade.

No período entre  24 e 29 de julho, espera-se o avanço de uma segunda frente fria, também de forte intensidade, que vai ascender novamente a possibilidade de nevar no Sul do Brasil .

FOTO: Pexels /

FONTE: CLIMA TEMPO

 

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.