ESPECIAIS

Carne de frango: primeiros embarques de julho antecipam bons resultados no mês

Compartilhar

Transcorridos sete dos 22 dias úteis de julho corrente, as exportações de carne de frango in natura apresentam resultados promissores para o mês.

No período foram embarcadas, em média, 18.187 toneladas diárias do produto, volume que além de se colocar 24% acima do alcançado um ano atrás, apresenta o segundo melhor resultado dos últimos 13 meses, situando-se menos de meio por cento aquém do recorde alcançado em maio passado (18.247 toneladas/dia).

Com isso, o volume acumulado no primeiro decêndio de julho soma 127.309 toneladas, resultado que sinaliza, para a totalidade do mês, volume em torno das 400 mil toneladas,18,64% a mais que as 337.257 toneladas exportadas em julho de 2020.

O preço médio também segue em evolução. Encontra-se, por ora, em US$1.745,18/tonelada, apresentando valorização de 8,13% sobre o mês anterior e de expressivos 31,78% sobre o mesmo mês do ano passado. O melhor de tudo, porém, é que esse valor corresponde ao maior preço alcançado pela carne de frango in natura nos últimos seis anos e meio, ou seja, desde janeiro de 2015.

Como sempre ocorre, esses níveis tendem a sofrer alguma diluição à medida que o mês avança. Mantido, porém, os desempenhos atuais em relação à média diária embarcada e ao preço médio alcançado, a receita de julho ficará próxima dos US$700 milhões, registrando um dos melhores resultados mensais de toda a história das exportações brasileiras de carne de frango.

FOTO: Pexels

FONTE: Avisite

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.