C.Vale recebe R$ 252 mi do BNDES para aumentar capacidade produtiva

Compartilhar

O BNDES aprovou financiamento para as cooperativas C.Vale e a Agrária Agroindustrial, ambas do Paraná, aumentarem sua capacidade produtiva. A C.Vale, que atua também em Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, vai receber R$ 252,3 milhões para, segundo o BNDES, implantar uma unidade de processamento de soja e um armazém do produto em grãos em Palotina, no oeste do Paraná.

O financiamento à C. Vale corresponde a 38% do investimento total do projeto. As obras da esmagadora de soja no complexo agroindustrial em Palotina, iniciaram em maio deste ano. O empreendimento receberá R$ 552 milhões em investimentos. Nesta primeira etapa, está sendo feita a terraplanagem da área onde eram realizados os dias de campo da C.Vale. A nova planta industrial terá capacidade para processar 2.500 toneladas de soja por dia, com possibilidade de ampliação para até 3 mil toneladas/dia, dependendo da tecnologia a ser adotada.

O novo empreendimento vai criar 580 empregos diretos e indiretos. Outros 1.500 postos de trabalho vão ser gerados na construção da esmagadora. A indústria terá capacidade para processar 15 milhões de sacas de soja por ano. A obra deverá estar concluída em 2023.

À Agrária, de Guarapuava, foi aprovado um empréstimo de R$ 32,1 milhões, correspondente a 75% do investimento total do projeto de instalação de uma unidade para recebimento, beneficiamento, armazenamento e expedição de grãos de baixo volume – feijão, canola, aveia, centeio e triticale – no município.

(Sirlei Benetti com agências)

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.