Reunião do trigo e triticale 2021 recebe trabalhos de pesquisa

Compartilhar

 

Estão abertas as inscrições para a 14ª Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale. Neste ano, o evento será gratuito e on-line entre os dias 27 e 29 de julho e reunirá pesquisadores de trigo e triticale de todo o país nas áreas de Ecologia, Fisiologia e Práticas Culturais; Fitopatologia; Entomologia; Melhoramento, Aptidão Industrial e Sementes; Solos e Nutrição Vegetal e Transferência de Tecnologia e Socioeconomia. A promoção do evento é conjunta, entre a Fundação ABC e a Biotrigo Genética, com apoio da Embrapa Trigo.

Realizado tradicionalmente todos os anos, a reunião é o principal evento científico de trigo e triticale no Brasil. O presidente da 14ª edição da reunião e gerente técnico de pesquisa da Fundação ABC, Luís Henrique Penckowski, comenta que a expectativa para o evento é alta já que o trigo vive um bom momento e pela importância de atualizar o conhecimento científico desenvolvido para as culturas já que em 2020 a reunião foi cancelada em razão da pandemia. “Os desafios são constantes e temos na reunião uma oportunidade única de reunir os stakeholders que estão envolvidos com a pesquisa, avaliar os avanços e promover a transferência de tecnologia para toda cadeia produtiva”. O espaço também permite a promoção de debates e o direcionamento das prioridades da pesquisa. “Eu costumo dizer que o principal insumo na agricultura é conhecimento e acho que o que a Reunião de Trigo tem de mais importante é poder integrar esses níveis diferentes de conhecimento e transferir para produzir riqueza e principalmente oportunidade para os nossos produtores”, comenta o presidente. Também são avaliados os resultados das últimas duas safras e indicadas novas tecnologias para cultivo nos próximos anos.

Feijão: colheita da segunda safra atinge 90% no Paraná

André Cunha Rosa, que presidiu a 13ª RCBPTT e é diretor da Biotrigo Genética, ressalta que é graças ao conhecimento científico e realização das reuniões que a produtividade, qualidade e segurança das culturas do trigo e triticale tiveram avanços significativos nas últimas décadas. “O desenvolvimento das novas tecnologias e a atualização das orientações de manejo são responsáveis pelo progresso nas propriedades. O agricultor colhe mais, vende melhor e tem mais segurança no seu negócio. Outro importante legado é o avanço na qualidade nas diversas regiões do país. “Hoje em todo o Brasil se produz trigo com uma qualidade vista pela indústria como muito boa para panificação, mas também se evoluiu com o desenvolvimento de trigos para nichos específicos, como massa, biscoito e outros, além de novas tecnologias que modificam o manejo como herbicidas, fungicidas e outros”, explica André.

 

Apresentação de trabalhos

Durante a reunião são apresentados dezenas de trabalhos científicos. André comenta que são pesquisas desenvolvidas pelas universidades, órgãos públicos e por instituições privadas. “Muitos trabalhos promovem efetivamente uma modificação nas indicações técnicas, mas tem outros trabalhos, que embora não gerem mudanças imediatas, melhoram o nível de conhecimento nas culturas e estimulam o avanço dessas pesquisas a curto e médio prazo”, explica André. Os trabalhos que propõe modificações nas indicações são avaliados pelos especialistas e as modificações aprovadas são incorporadas na publicação do livro Informações Técnicas para Trigo e Triticale – Safra 2022, que contém as indicações de medidas de manejo bem como novas cultivares e produtos, bem como toda tecnologia que já é de conhecimento geral do triticultor tradicional, mas muito importante para novos entrantes. O livro é distribuído gratuitamente para toda a cadeia e disponibilizado também em PDF no site da Reunião.

 

Fórum Nacional do Trigo

Paralelamente ao evento, acontece o Fórum Nacional de Trigo 2021. Realizado pela Embrapa Trigo e com o apoio da Fundação ABC e da Biotrigo, o Fórum vai abordar em diversas palestras e debates o consumo do trigo, desde a cadeia produtiva até o consumidor final. O Fórum acontecerá no dia 26 de julho com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube da Reunião de Trigo.

Pets podem contar com Instituto Médico Legal Veterinário no Paraná

Sobre o evento

As reuniões da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale são realizadas há mais de meio século no país. As discussões científicas integram pesquisadores, acadêmicos e todos os elos da cadeia tritícola com o objetivo de gerar e divulgar novas tecnologias, viabilizando a qualidade, aumento da produtividade, buscando vencer os desafios encontrados nas culturas. A 14ª edição da Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale (RCBPTT) conta com o patrocínio das empresas Adama, Agrária, Apasem, Apassul, Bayer, Basf, Coamo, Cocamar, FMC, Helm, Ihara, Integrada Cooperativa, Syngenta, Unium e UPL.

 

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.