Paraquate precisa ser recolhido das propriedades

Compartilhar

 

Os produtores rurais que ainda possuem estoque de produtos formulados com o herbicida paraquate devem solicitar que a empresa titular pelo registro recolha na sua propriedade. Desde o dia 31 de maio a utilização do paraquate na soja não é mais permitida. Outras culturas anuais e perenes como feijão, milho, cana-de-açúcar e batata também estavam proibidas de utilizar o agroquímico. A única exceção é o café, que tem até o dia 31 de julho para utilizar o herbicida. Após essa data os cafeicultores que ainda tiverem paraquate no seu estoque também devem solicitar o recolhimento do produto pela empresa responsável.

Para solicitar o recolhimento do paraquate da propriedade, o produtor rural deve contatar a empresa responsável pelo registro do produto, por meio de e-mail, e fazer a solicitação. A empresa é obrigada a recolher os estoques desses produtos em embalagens de cinco litros ou mais, existentes em poder dos agricultores, até 30 dias após o término do prazo estabelecido. No caso dos produtores de soja, até 30 de junho.

Vale lembrar que a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná não vai autuar os produtores que ainda possuírem estoques remanescentes de paraquate. Mas para isso, é preciso comprovar que foi enviada solicitação para a empresa responsável recolher o produto.

Segundo a técnica Ana Paula Kowalski, do Departamento Técnico e Econômico do Sistema FAEP/SENAR-PR, caso o produtor tenha solicitado à empresa o recolhimento e ela não tenha cumprido no prazo estabelecido, o fiscal da Adapar poderá interditar o estoque, notificar a empresa para recolhimento do produto e lavrar auto de infração contra a empresa fabricante pelo não recolhimento, mas sem nenhuma penalidade para o produtor rural. “Para isso é importante que caso ocorra qualquer dificuldade na comunicação com a empresa, que o produtor procure o sindicato rural mais próximo”, orienta.

 

Veja como proceder para solicitar o recolhimento do produto:

 

1. Envie um e-mail à empresa titular do produto solicitando a retirada (veja no link os contatos das empresas);

 

  1. O e-mail deve conter as seguintes informações (veja no link um modelo de solicitação);

 

  1. a) nome comercial do produto

 

  1. b) quantidade de embalagens e qual o volume total de cada uma delas (em litros)

 

  1. c) endereço completo para recolhimento

​​​​​​​

  1. d) nome completo do produtor

 

  1. e) telefone para contato

 

  1. Guardar o e-mail enviado e a resposta da empresa, o fiscal poderá solicitá-lo ao produtor.

 

Foto: Jonas Oliveira/AEN

 

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.