Maior projeto de inovação aberta do País será lançado nesta quinta em Cascavel

Compartilhar

Um importante ato que abrirá perspectivas ainda mais otimistas ao agronegócio brasileiro vai ser realizado às 9h30 desta quinta-feira, 1º, na sede administrativa do Show Rural Coopavel, em Cascavel, no Oeste do Paraná. O PTI de Itaipu, a Huawei e a Coopavel vão se unir para desenvolver projetos de inovação aberta para a agricultura e a pecuária. O protocolo de intenções vai ser assinado pelo diretor-superintendente do Parque Tecnológico de Itaipu, general Eduardo Garrido, pelo diretor de Vendas da Huawei do Brasil, Francisco Menezes, e pelo presidente da Coopavel, Dilvo Grolli.

A parceria vai conectar o agronegócio brasileiro à tecnologia das modernas redes 5G, mais eficientes, velozes e seguras na transmissão de dados. Objetivo é que esse seja o maior projeto de inovação aberta do Brasil no agronegócio. Será instalada uma moderna antena de transmissão 5G na área do Show Rural Coopavel, que garantirá suporte tecnológico para testagem e validação de novos produtos e serviços por parte das empresas âncoras, startups e academia.

Antena terá um raio de abrangência de até cinco quilômetros, o que ampliará a capacidade das experiências concretas de campo. Será montado também um espaço de coworking para facilitar o ambiente de trabalho das empresas e profissionais envolvidos.

Com a estrutura da rede 5G, clientes e fornecedores da Coopavel, como a indústria de equipamentos e de soluções para o agronegócio, terão a oportunidade de testar e validar diversas tecnologias disruptivas que serão permitidas com a conexão de internet de alta performance, como: a) o monitoramento e a transmissão em tempo real de imagens em alta definição sobre o solo e plantações para acompanhamento à distância e orientações técnicas; b) o funcionamento de máquinas e equipamentos de forma mais autônoma e inteligente; e c) informações precisas e detalhadas sobre a alimentação, o comportamento e a saúde dos animais, bem como sobre as condições climáticas.

R$ 6 milhões

Serão investidos cerca de R$ 6 milhões na fase inicial do projeto. A maior parte dos recursos virá da Huawei do Brasil, líder mundial em tecnologia 5G, por meio da Lei da Informática, com aportes e execução do Parque Tecnológico Itaipu, responsável pela seleção e incubação das startups, e em ações para atender demandas concretas de inovação aberta da Coopavel e sua rede de cooperados em 21 municípios das regiões Oeste e Sudoeste do Paraná. As soluções inovadoras desenvolvidas serão apresentadas na próxima edição do Show Rural Coopavel.

“Essa parceria representa um marco para a inovação aberta no agronegócio. Estamos muito felizes em participar desse projeto que contribuirá para a transformação digital no campo. O Oeste possui as terras mais férteis e valorizadas do Paraná, com altos índices de produtividade. Somos a maior produtora de milho e soja e uma das regiões que mais produzem frangos, suínos e leite. Com a inovação e a força do cooperativismo, vamos melhorar ainda mais nossa produtividade e rentabilidade”, afirma o diretor-superintendente do PTI-Brasil, general Eduardo Castanheira Garrido Alves.

O que é?

A inovação aberta é o ato que combina ideias internas e externas em arquiteturas e sistemas cujos requisitos são definidos como um modelo de negócios. Os benefícios da inovação aberta são redução do tempo e do custo para inovar; diminuição dos riscos para o negócio; aumento do retorno sobre o investimento; abertura de novos mercados e oportunidades, e criação de novos modelos de negócios e fontes de receita.

Fonte: Assessoria

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.