Exportações de ovos mantém alta de 143,4% em 2021

Compartilhar

As exportações de ovos (in natura e processados) totalizaram 5,108 mil toneladas exportadas entre janeiro e maio deste ano. O volume, segundo levantamento da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), é 143,4% superior ao realizado no mesmo período de 2020, quando foram embarcadas 2,099 mil toneladas.

Em receita, as vendas no ano chegaram a US$ 7,008 milhões, saldo 150,3% maior que o efetuado no mesmo período de 2020, com US$ 2,8 milhões.

Considerando apenas o mês de maio, foram exportadas 470 toneladas de ovos em 2021, número 42% superior ao quinto mês do ano passado, com 331 toneladas. No mesmo período, a receita das vendas chegou a US$ 797 mil este ano, número 50,1% superior ao registrado no quinto mês de 2020, com US$ 531 mil.

Os Emirados Árabes Unidos seguem como principal destino das exportações do setor. Entre janeiro e maio, o mercado saudita importou 3,750 mil toneladas, número 335,5% superior às 861 toneladas importadas no mesmo período de 2020. Outros destaques foram o Japão, com a importação de 178,8 toneladas nos cinco primeiros meses deste ano (+57,8%); e o Uruguai, com 157,5 toneladas no mesmo período (+2%).

“As vendas internacionais de ovos seguem impulsionadas pela retomada dos níveis de consumo do mercado dos Emirados Árabes Unidos, gerando divisas em um momento importante para as empresas do segmento, frente à forte elevação dos custos de produção no mercado internacional, com a alta do milho e do farelo de soja”, avalia o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Clique e veja a entrevista com o Presidente da ABPA

Fonte: ABPA

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.