Audiência Pública debate o sucesso da agricultura paranaense

Compartilhar

 

O PIB agropecuário paranaense aumentou 15% entre 2019 e 2020 e o estado se consolidou com o segundo que mais gera riqueza no campo em todo Brasil. Dados do Ministério da Agricultura indicam que, no ano passado, o Valor Bruto da Produção paranaense bateu na casa dos R$ 88 bilhões, ficando atrás apenas do Mato Grosso. O valor corresponde ao faturamento bruto da pecuária e da agricultura em todas as propriedades rurais de cada unidade da federação.

Diferentemente de outros estados, no entanto, o Paraná praticamente não tem mais novas áreas para expansão. Por isso, o aumento entre 2019 e 2020 se explica por ganhos em produtividade. “O produtor paranaense está entre os mais capacitados do Brasil e do mundo. Ele sabe utilizar a tecnologia e tem, ano a ano, melhorado sua produtividade. Essa é uma regra para grandes, médios e pequenos produtores da pecuária e de diferentes culturas da nossa agricultura”, diz o deputado Homero Marchese (PROS).

Para debater o sucesso do produtor rural paranaense, que garante ao estado riqueza, empregos e impostos, deputado promove, na sexta-feira pela manhã a audiência pública: “Tecnologia e inovação no agronegócio paranaense”. O evento que terá transmissão pela TV Assembleia, site e redes sociais do legislativo, contará com a presença de representantes do governo, de entidades ligadas à agricultura e, principalmente, abrirá espaço para que produtores rurais do estado falem e mostrem a sua receita de sucesso.

 

ACOMPANHE AO VIVO

 

Fonte: ALEP

 

Foto: Cleverson Beje/AEN

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.