ESPECIAIS

Agências colocam agronegócio regional em roteiro turístico mundial

Compartilhar

 

#souagro | Uma nova modalidade começa a sair do papel em Cascavel e Região Oeste. Trata-se do Turismo Reverso. A iniciativa é de um grupo de empresários do segmento das agências de viagens de Cascavel, interessado em divulgar para o mundo o modelo de sucesso do agronegócio presente na região. Em vez de levar pessoas para conhecer os adventos tecnológicos em outros países, a ideia é trazer justamente o público de fora para realizar um circuito de conhecimento pelos municípios da região.

O agronegócio é a maior alavanca econômica do Brasil, considerado celeiro do mundo. A crescente e permanente demanda mundial por alimentos, coloca o produtor rural como ator principal da manutenção da qualidade de vida da população. “A natureza, a terra, o ser humano e a tecnologia são a base do setor do agronegócio”, comenta o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Orestes Hotz. “Assim o cuidado e o zelo com a natureza e a terra e o uso das melhores tecnologias de produção, são atitudes que estão no dia-a-dia do produtor rural’.

Segundo ele, essa atenção toda, resulta em melhores práticas produtivas e desenvolvimentos de propriedades tecnológicas atrativas.  Assim, além do negócio em si, a produção de alimentos, surge outro segmento paralelo e importante que está em crescente desenvolvimento, o turismo rural ou turismo do agronegócio. Propriedades estão sendo preparadas para receber turistas que buscam a natureza e o campo nos seus momentos de lazer e férias. Outro nicho do turismo rural é o de tecnologia e práticas produtivas, onde as fazendas modelos e tecnológicas são visitadas por públicos afins, na busca das melhores práticas produtivas para melhorias de suas propriedades rurais.

Nesse contexto, Cascavel e região Oeste do Paraná, se caracterizam como os melhores destinos do turismo rural, tanto para lazer quanto para negócios. Uma nova economia se abre forte na nossa região. “O nosso potencial é gigantesco e promissor”.

Uma das integrantes do grupo idealizador é Suely Frare, da Edo Tur. Reuniões semanais estão ocorrendo para tabular os roteiros e as formas de colocar essa iniciativa em prática, assim que essa pandemia e tudo voltar à sua normalidade. “Vamos trazer as pessoas de várias partes do mundo para conhecer o que temos de melhor no agro”. Um levantamento foi realizado para tabular os lugares que são referência no agronegócio da região, inclusive com a possibilidade de fazer parte do circuito, as visitas em cooperativas. O projeto conta com o suporte do Sebrae.

(Vandré Dubiela/Sou Agro)

 

Foto: Vandré Dubiela

 

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.