Gestores da C.Vale participam de encontro virtual com a Ocepar

Compartilhar

 

Na manhã desta terça-feira (04), foi realizada a 12ª Reunião Institucional promovida pelo Sistema Ocepar para apresentar os principais indicadores financeiros e econômicos da cooperativa C.Vale. Neste encontro virtual, através da ferramenta Teams, participaram cerca de 80 profissionais da cooperativa nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Paraguai e membros da diretoria, conselhos administrativo e fiscal. Segundo o presidente da C.Vale, Alfredo Lang, “a expectativa de todos é muito grande para poder ouvir os dados que serão apresentados pelo monitoramento e autogestão do Sistema Ocepar sobre o desempenho da nossa cooperativa. Esses indicadores são fundamentais para que possamos avaliar nosso trabalho”, lembrou o dirigente.

O evento foi aberto pelo presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, que fez um detalhamento de todas as demandas que estão no “radar” do sistema neste ano de 2021. “Iniciamos um ano muito intenso com diversos assuntos de interesse das nossas cooperativas: reforma tributária, sanidade, investimentos, infraestrutura, pedágio, crédito rural e planejamento estratégico, nosso próximo ciclo que é o PRC200”, lembrou.

“Um dos temas que estamos no aguardo de uma posição internacional para que o Paraná possa avançar nas exportações de carnes é com relação da sanidade. Um trabalho que vem sendo realizado de forma conjunta com várias entidades. Imagina se há um ano nossas agroindústrias tivessem sido fechadas por conta da pandemia? Como ficaria a produção de alimentos?”, questionou. Ricken ressaltou que “no final deste mês de maio, mais precisamente no dia 27, deveremos ser reconhecidos pela Organização Internacional de Epizootias (OIE) de área livre de febre aftosa sem vacinação. Uma conquista muito importante para nossas cooperativas”, frisou.

O dirigente ainda destacou que outro ponto que demanda muitas ações do setor é sobre a infraestrutura. “Para que possamos crescer e investir cada vez mais, temos que ter condições para que nossas cooperativas possam produzir e transportar com qualidade e segurança. Dentro desta questão está a discussão do novo modelo de concessão das rodovias. Fizemos uma proposta que foi discutida junto com as cooperativas onde os pontos principais são a menor tarifa, realização de obras, transparência, qualquer ajuste tem que ser baseado no que foi investido, menos impostos sobre a tarifa, precisa ter uma desoneração. As novas empresas que irão administrar as rodovias têm que dar garantias contratuais sobre esses pontos e que nossas rodovias receberam investimentos dentro do que a sociedade está pagando e transparência absoluta em todas as fases, para que não aconteça com os atuais contratos. Boa parte dos problemas atuais que enfrentamos nos atuais contratos é falta de conhecimento como tudo foi contratado”.

 

C.Vale conquista três prêmios no Quem é Quem Melhores Cooperativas

Será que vem chuva por aí? Veja o que diz o agrometeorologista

 

O presidente da C.Vale afirmou que o relato feito pelo presidente Ricken é muito importante para posicionar sobre as principais atividades realizadas pelo Sistema Ocepar em defesa das cooperativas. “Essa atuação mais direta com o meio político é importante e necessária. E o Sistema Ocepar tem feito isso com excelência. Precisamos monitorar cada vez mais o que o poder legislativo está discutindo e que pode afetar diretamente o sistema cooperativista. Aproveito para cumprimentar toda equipe pelo excelente trabalho realizado. Temos metas de crescimento consistentes e esse cenário apresentado aqui hoje servirá para que nossa equipe aqui presente avalie e o que podemos utilizar como estratégia para nosso planejamento”, lembrou Lang.

 

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.