ESPECIAIS

Para cada ovo, serão produzidas duas doses da vacina Butanvac

Compartilhar

 

souagro | O assunto em torno da produção de ovos embrionados pela cascavelense Globoaves, por intermédio do seu braço tecnológico, a Globobiotech, tem despertado a atenção do Brasil e do mundo. Outra informação importante ressaltada pelo diretor-presidente da Globoaves, Roberto Kaefer, é que, para cada ovo embrionado, o Instituto Butantan terá condições de extrair duas doses da vacina Butanvac. “Cada tipo de cepa apresenta um tipo de rendimento por ovo. No caso da Covid-19, será possível extrair duas doses da vacina”, reforça ele. “Em cada ovo, são colocados dois vírus, o da doença de Newcastle e o da Covid-19. Como o segundo é mais selvagem e mais dominante, ele se sobressai e fica depositado no ovo para ser extraído e transformado em imunizante”, explica. Os ovos serão pequenas usinas produtoras de vacinas. Fazendo um cálculo rápido: como somos 209,5 milhões de pessoas e a Butanvac tem tudo para ser em dose única, seriam necessários poucos mais de 100 milhões de ovos para imunizar toda a população do País.

 

EXCLUSIVO: Empresa de Cascavel vai fornecer ovos para produção da Butanvac

 

É por intermédio do ovo SPF – Ovos Livres de Patógenos Específicos que é possível fazer a multiplicação do vírus. A Globobiotech trouxe a tecnologia do ovo SPF para o Brasil, por intermédio da parceria com a Charles River, empresa norte-americana considerada a maior produtora de ovos do mundo e reconhecida pela Organização Mundial da Saúde nos testes com vacina em que são utilizados os ovos. “Trata-se de um ovo totalmente diferenciado, porque não carrega nenhuma enfermidade. A galinha, criada em laboratório, também não recebeu nenhum tipo de vacina”, explica Roberto Kaefer. Esses ovos são empregados no processo de desenvolvimento dos bancos de cepas de vírus Influenza do Instituto Butantan, indispensáveis para o processo produtivo da vacina. Os ovos SPF também são usados para fabricar vacinas de combate à febre amarela e várias vacinas veterinárias.

 

Para cada ovo

 

Transporte inovador

Os ovos são transportados com o máximo de cuidado e sanidade. O sistema de transporte foi desenvolvido com exclusividade pela Globoaves/Globobiotech, tecnologia 100% brasileira. A estrutura que vai sobre o caminhão é climatizada, com aquecedor, umidificador por aspersão com micro partículas, câmara de sucção de oxigênio, turbinas forçadoras de ar e fluxo de ar umidificado. Nos mesmos veículos foi desenvolvido um sistema especial de suspensão pneumática que garante o mínimo de balanço da carga. O motorista também recebeu um treinamento especial para evitar maiores impactos que pudessem causar danos ou trincas nos ovos embrionados. Com todas essas inovações, existe a garantia de temperatura de 32 a 38 graus, de acordo com a exigência da fabricante da vacina, garantindo que os embriões cheguem vivos ao destino. (Vandré Dubiela)

 

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.