Derivados da erva-mate na merenda escolar do Paraná

Compartilhar

 

Derivados da erva-mate poderão ser incluídos no cardápio da alimentação escolar da rede pública de educação do Paraná.  É o que pretende o deputado Emerson Bacil, com o projeto de lei 366/2019, que teve o parecer favorável aprovado por unanimidade, na reunião remota da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Paraná, presidida pelo deputado Hussein Bakri.

O relator na Comissão foi o deputado Professor Lemos. “Já faz tempo que o termo “merenda” foi substituído por “alimentação”, justamente por se tratar de uma refeição completa oferecida aos alunos nas escolas. Então, a Assembleia precisa apoiar esse projeto, afinal, a erva-mate e seus derivados têm muitos nutrientes e servirá para incrementar o cardápio escolar”, ressaltou.

 

Erva-mate para a saúde

Segundo o projeto, mais do que os benefícios da erva-mate para a saúde, o produto tem importância econômica para o Paraná.  Além dos tradicionais chimarrão e chás, o produto pode ser usado na fabricação de biscoitos e até sorvetes. “O projeto é muito relevante, porque vai colaborar no fomento da produção, gerando renda para os agricultores”, disse o deputado Luiz Fernando Guerra.

 

Foto: Divulgação

 

VEJA TAMBÉM

Contratos futuros da soja travam e produtor aguarda definição do cenário

Exportações de amendoim têm novos procedimentos

PR: avicultura preocupada com abastecimento de milho

 

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.