Argentina suspende 15 empresas por tentar burlar controle sanitário de carnes

Compartilhar

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Pesca da Argentina anunciou ter suspendido 15 empresas exportadores da carne por tentar burlar o controle sanitário e realizar o embarque de 40 toneladas de cortes congelados ao exterior. Essas empresas não estavam inscritas no Cadastro Único de Operadores da Cadeia Agroindustrial.

As operações ilegais foram descobertas por intermédio de uma série de investigações por parte de órgãos de controle da Argentina. Segundo a nota, “trata-se de concorrência desleal com os demais operadores e danos ao erário”.

Além do bloqueio das ações irregulares, as empresas vão responder pelos atos à Administração Federal de Receitas Públicas, o Banco Central da República Argentina, a Alfândega e Unidade de Informação Financeira e à Justiça.

 

Foto: Pixabay

 

VEJA TAMBÉM

 

Efeito pandemia: sai o bife, entra o frango

Vacinação é método eficaz para prevenir casos de raiva bovina

Índice de Preços ao Produtor (IPP) sobe 5,22% em fevereiro

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.