SENAR-PR capacita instrutores

Compartilhar

O SENAR-PR começou, ainda em 2020, um trabalho de reciclagem do seu quadro de instrutores, para que esses possam aprimorar as habilidades utilizadas durante os cursos a campo. Desde o ano passado, uma série de atividades de formação vem sendo realizadas junto aos profissionais responsáveis por transmitir os conteúdos dos treinamentos da entidade. Desta vez, o consultor do Sebrae-PR Celso Garcia abordou os aspectos de condução de grupo e como agir de modo adequado durante o processo.

Nos dias 22, 23 e 24 de fevereiro, a segunda turma de instrutores do SENAR-PR, de um total de 16, esteve reunida com Garcia, em Curitiba. Ao todo, 21 profissionais participaram do treinamento. Antes disso, eles tinham cumprido uma primeira fase, de oito horas, a distância.

Nessa segunda fase, foram 24 horas de formação, nas quais houve o repasse de conteúdos, debates, dinâmicas e outras atividades práticas, como a gravação de pequenos vídeos. Ainda estão previstos mais dois encontros presenciais para que os instrutores deem feedbacks de como foi a aplicação dos conteúdos na prática, na hora de ministrar os cursos do SENAR-PR.

“A ideia é agregarmos ao que já é feito no SENAR-PR. Não estamos aqui querendo desconstruir. Nosso objetivo é trazer novos conhecimentos, novas formas de pensar os treinamentos, que possam contribuir para que possam atuar cada vez melhor, dentro das suas especialidades”, disse Garcia. “A gente está falando de um processo de ensino-aprendizagem e de como as pessoas se comportam nesse processo, identificando oportunidades do que pode atrapalhar durante a condução de uma determinada ação”, completou.

Alcione Ristof, de Medianeira, no Oeste do Paraná, é instrutor de mecanização agrícola há 26 anos no SENAR-PR. Ele se mostrou entusiasmado com as novidades apresentadas na atualização. “A gente precisa ter uma melhoria contínua na nossa atividade. O que estamos vendo é que essa parte metodológica implica muito no ensino-aprendizagem na sala de aula e também nas práticas. Posso dizer com conhecimento de causa que a melhoria na casa sempre foi contínua, porque temos cobrança a nível de campo e o SENAR-PR por sua vez sempre nos dá todo o suporte”, recordou.

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.