CAIXA amplia para R$ 12 bilhões o Custeio Agro antecipado

Compartilhar

O presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, anunciou a ampliação do Custeio Agro Antecipado para R$ 12 bilhões. Pedro Guimarães divulga ainda a abertura de 21 novas unidades do banco dedicadas exclusivamente para o setor do agronegócio. O evento contou com a participação da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina.

As operações do Crédito Rural incluem linhas como o Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), Pronamp (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural) e Demais Produtores. Disponíveis até junho de 2021, os recursos atendem às diversas finalidades, especialmente para financiamento como despesas do ciclo de produção das principais culturas do país, como soja, milho, algodão, arroz, feijão, mandioca e café, bem como atividades pecuárias.

O presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, ressalta a parceria do banco com o homem do campo. “Com a criação de 21 unidades especializadas, a CAIXA está ampliando sua presença em cidades estratégicas para o agronegócio. A expansão em investimentos permitirá que mais trabalhadores rurais tenham acesso aos recursos, fomentando o agronegócio, a geração de empregos e favorecendo a economia brasileira ”.

 

Lançamento do custeio antecipado

A CAIXA foi o primeiro banco a lançar, já em dezembro de 2020, a antecipação do custeio da safra verão 2021/2022, já tendo sido financiado valor superior a R $ 200 milhões, possibilitando ao produtor de grãos um melhor planejamento financeiro para a aquisição dos insumos. Estão disponíveis recursos suficientes para atender a demanda dos produtores com o processo mais disponível e taxas de juros aderentes ao mercado.

 

Investimento com recursos livres

Por meio de recursos próprios, a CAIXA disponibiliza R $ 2 bilhões para o financiamento do investimento. Em um processo ágil, para atender às necessidades dos produtores, o prazo para pagamento é de até 15 anos, já incluído a carência, que é de até três anos.

Podem ser financiados para a ampliação e modernização da infraestrutura produtiva, a construção de armazéns, a aquisição de máquinas e equipamentos novos, animais, formação ou recuperação de pastagens, construção de cercas, currais e galpões, além de programas específicos para a implantação de sistemas de irrigação e armazenagem.

 

Pronaf

A CAIXA lançou também, no início do ano agrícola 2020/2021, a linha de crédito de custeio Pronaf, destinada ao financiamento da aquisição de insumos e pagamento de serviços, cujo público-alvo são os agricultores familiares enquadrados no Pronaf. A taxa parte de 2,75% aa e varia de acordo com o empreendimento financeiro.

 

Pronamp

O Pronamp possui linhas de custeio e de investimento que permite ao produção rural financeiro tanto despesas inerentes ao ciclo produtivo, quanto ações de implantação, ampliação ou modernização da infraestrutura relacionada de produção e a realização de serviços à melhoria da atividade agropecuária na propriedade, além de viabilizar a aquisição de bens ou serviços cuja utilização se estenda por vários períodos de produção. A taxa parte de 4% aa e varia de acordo com o empreendimento financeiro.

 

CAIXA no Agronegócio

Com oito anos de atuação no crédito rural, a CAIXA possui uma carteira em evolução, por meio da qual já foram financiados mais de 52 mil empreendimentos, superando R $ 44 bilhões liberados no mercado do agronegócio e beneficiando produtores rurais, cooperativas e agroindústrias.

Em 2020, entre janeiro e dezembro, o volume de recursos emprestados em operações de crédito rural aumentou 73%, em comparação ao ano de 2019. Entre julho e dezembro de 2020, houve um crescimento de 33% no volume de recursos emprestados em operações de crédito rural, se comparado com o mesmo período do ano agrícola 2019/2020.

Demonstrando uma indústria do setor para a CAIXA, em janeiro foi concedido volume de recursos superior a R $ 400 milhões, o que representa mais de 350% em relação a janeiro de 2020.

 

Unidades exclusivas do Agro

O banco abrirá 21 unidades especializadas no atendimento ao agronegócio. Cada uma delas contará com estrutura e equipe dedicadas ao atendimento exclusivo dos produtores rurais.

Os municípios que receberão como unidades especializadas no agronegócio foram definidos considerando uma estratégia de atuação do banco para o setor e o potencial para o mercado nas regiões. As novas unidades fomentarão o atendimento aos produtores rurais, que precisa à disposição como as melhores soluções de crédito.

Os produtores rurais contam também com o atendimento de uma rede de gerentes exclusivos do agronegócio, que atuam em todas as regiões, prontos para oferecer as melhores soluções de crédito. O cliente pode obter mais informações no site www.caixa.gov.br ou nas agências da CAIXA.

 

Carreta Agro CAIXA em Cascavel, Toledo e Campo Mourão

Mais uma ação para aproximar o banco do setor, a Carreta Agro CAIXA é um evento itinerante de atendimento especializado ao agronegócio em que são visitadas cidades estratégicas, ou eventos e feiras, para realizar reuniões técnicas, atendimento a clientes e assinatura de contratos .

Para 2021, a Carreta Agro CAIXA já tem programação para mais de 20 cidades de 13 estados diferentes:

 

Chapecó e Campos Novos (SC)

Cascavel, Toledo e Campo Mourão (PR)

Passo Fundo, Ijuí e Rosário do Sul (RS)

Assis (SP)

Dourados (MS)

Catalão (GO)

Patos de Minas (MG)

Gurupi (TO)

Bom Jesus da Lapa e Ribeira do Pombal (BA)

Arapiraca (AL)

Itabaina (SE)

Bom Jesus (PI)

Imperatriz e Santa Inês (MA)

Parauapebas, Marabá, Tucuruí e Santarém (PA)

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.