Produtores precisam definir como recolher Funrural em janeiro

Compartilhar

Os produtores rurais precisam escolher neste mês de janeiro a forma que desejam recolher o Funrural (Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural) em 2021, conforme mudanças estabelecidas na Lei Federal 13.606/2018. Há duas opções: desconto na folha de pagamento ou sobre a comercialização dos produtos. “A nossa orientação é que os produtores procurem o nosso sindicato, ou o sindicato rural mais próximo, para fazer a análise de qual das condições de recolhimento é mais vantajosa, de acordo com seu caso específico. Estamos aqui para ajudar nessa escolha”, explicou o diretor secretário do Sindicato Rural de Cascavel, Paulo Vallini.

Como apoio, a FAEP (Federação da Agricultura do Estado do Paraná) desenvolveu um simulador para ajudar o produtor rural que tem empregados a escolher a melhor forma de recolher a contribuição. O simulador foi distribuído aos Sindicatos Rurais.

Se optar por contribuir via folha, o valor é de 23% (20% do Funrural e 3% de outros impostos). Caso opte por descontos na comercialização, a quantia é de 1,5% (1,3% de Funrural e 0,2% de Senar).

“Quem não fizer essa escolha automaticamente ela se transforma em desconto via venda de sua produção agropecuária.  Por isso recomendamos que eles nos procurem, porque nem sempre essa é a melhor opção”, complementou Vallini.

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Clique aqui e receba notícias do agronegócio em seu celular

Se conecte com nossas redes sociais:

Publicidade

Publicidade

Copyright © 2021 Sou Agro | CNPJ: 39.541.312/0001-48 — Todos os direitos reservados.

Sou Agro

AD BLOCKER DETECTED

Percebemos que você tem um adblocker habilitado que restringe os anúncios veiculados no site.

Please disable it to continue reading Sou Agro.